PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Corinthians estreia aparelhos para acelerar reação dos atletas; assista

Arthur Sandes e Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

15/01/2019 12h34

A manhã foi de lançamentos de aparelhos tecnológicos no CT Joaquim Grava nesta terça-feira (15). O Corinthians estreou duas estruturas que testam o poder de reação e a tomada de decisão dos atletas, assim treinando situações de jogo e auxiliando na recuperação de jogadores lesionados.

Anexo aos quatro campos do centro de treinamento agora está instalada a parte externa do "Smart Gol", uma espécie de quadra society onde os atletas podem treinar passes e chutes. Em vez de um gol comum, no entanto, há ali uma estrutura com vários quadrados que foi assim desenhada para testar a pontaria nos chutes. Na prática, o jogador recebe uma bola lançada por um canhão, sendo obrigado a dominar rapidamente, olhar para todos os lados, fazer e receber um passe e então finalizar onde surgir uma luz de LED (assista a um teste de Renê Júnior acima).

A proposta é testar a reatividade dos jogadores, pois o aparelho pode aprimorar domínio, passe, velocidade e rápida reação por estímulo. O equipamento é inédito no Brasil e será usado na preparação física e na reabilitação de atletas lesionados.

"Aqui consigo exigir do atleta todos os gestos do futebol: passe, giro, finalização, cabeceio? Até enfrentamento aqui dentro, junto ao sistema, colocando mais um atleta", explica o fisioterapeuta Luciano Rosa. "Isso tudo antes de ele ir ao campo, ou seja, acelerando uma fase de recuperação deste atleta e otimizando a fase de transição para ele vai voltar [a jogar] com mais segurança", complementa.

Rosa foi o responsável por desenvolver o projeto, que levou cerca de dois anos para estar adaptado às necessidades do Corinthians. "O equipamento era uma lacuna que tínhamos aqui no Lab R9, trabalha a parte do tempo de reação, o tempo que o atleta demora para assimilar uma ação externa e então fazer a ação externa, reagir ao estímulo", explica o fisioterapeuta alvinegro.

Tudo foi testado por Léo Santos, Mateus Vital, Gustavo Silva e Renê Júnior nesta terça. O meio-campista foi quem se saiu melhor, mas não sem dificuldades. "Nunca tinha trabalhado com nada parecido, mas é bom porque faz com que a gente pense rápido. No jogo isso facilita. Quando a bola chega, a gente já sabe o que fazer, pensa na frente do adversário", afirma Vital, que também estreou a parte interna do "Smart Gol".

Dentro do Lab R9 agora há uma sala fechada com uma televisão. Lá, o jogador espera uma luz piscar na TV e então deve correr para o quadrado correspondente no chão de grama sintética (confira mais abaixo no vídeo). A exemplo do aparelho externo, este também visa a acelerar a reação e a tomada de decisão dos atletas.

Os aparelhos já estão sendo usados pelo Corinthians nesta pré-temporada e em breve estarão também à disposição das categorias de base. O time profissional tem mais quatro dias de treinos no CT Joaquim Grava antes da estreia oficial na temporada, contra o São Caetano, às 17 horas (de Brasília) deste domingo (20).

Mateus Vital testa tempo de reação em novo aparelho do CT

UOL Esporte

Futebol