PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Antes de reforços, Inter encaminha saídas de quase todos fora dos planos

Brenner esteve emprestado ao Botafogo e agora vai para o Goiás, também cedido - Vitor Silva/SS Press/Botafogo
Brenner esteve emprestado ao Botafogo e agora vai para o Goiás, também cedido Imagem: Vitor Silva/SS Press/Botafogo

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

28/12/2018 04h00

O Inter não anunciou nenhum reforço de forma oficial para 2019. Mas uma parte importante do processo de formação do elenco está praticamente concluída. Trata-se da saída dos jogadores fora dos planos. O time que voltou de empréstimo ou sobraria das atividades está quase 100% encaminhado. 

Restam apenas dois jogadores definir seus destinos. O primeiro ainda é alguém que tem mais de uma opção. Alex Santana recebeu sondagens de Vasco, Chapecoense e Bahia, mas espera, junto a seu estafe, a formalização de uma proposta de compra do futebol japonês. 

Em seguida, Danilo Silva, que foi devolvido pelo Los Angeles FC, pode romper o vínculo que possui até o fim do ano para facilitar um novo destino para jogar. 

Os demais, todos resolvidos. Os últimos casos a tomar a reta final foram: Brenner, que se acertou com Goiás, Ernando, que está prestes a ser anunciado pelo Fortaleza, Eduardo, que rescinde contrato e vai para o Paraná, e Claudio Winck, que tem acerto para rescindir com Inter e assinar com Vasco. 

A lista ainda é completa com Andrigo e Thales indo para o Vitória, Léo Ortiz no Red Bull Brasil, Mossoró no Novo Hamburgo, Gustavo Ferrareis no Botafogo, Alisson Farias no Sport e Valdemir no ABC-RN. 

Com as saídas, o Internacional economiza aproximadamente R$ 1,2 milhão apenas em salários. Mesmo que ainda existam alguns casos em que o clube arca com parte dos vencimentos dos jogadores cedidos. 

O molde de empréstimo para venda futura é considerado um sucesso no Beira-Rio. Depois de lucrar com Anselmo e Valdívia, o Colorado espera fazer o mesmo nessa janela de transferências com Marcinho. Cedido ao Fortaleza até o meio do ano, o rápido atacante tem sondagens do Ludogorets, da Bulgária, e de um clube da Coreia do Sul. 

Chegadas também já acertadas

Enquanto isso, duas chegadas estão encaminhadas. O primeiro caso é o retorno de Wellington Silva, emprestado pelo Fluminense agora até o meio de 2020. O jogador está por detalhes de ser oficializado novamente no Inter. E Neilton, egresso do Vitória por empréstimo de um ano. 

Além disso, na quinta-feira a direção colorada avançou na negociação para ter o atacante Guilherme Parede, do Coritiba. Outro que está nos planos é Rafael Sóbis, que se desligará do Cruzeiro. 

Futebol