PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Sem Grohe, Grêmio aposta em Paulo Victor, mas quer goleiro do Ceará

Goleiro Éverson, do Ceará, comemora gol marcado contra o Corinthians no Brasileirão - Stephan Eilert/AGIF
Goleiro Éverson, do Ceará, comemora gol marcado contra o Corinthians no Brasileirão Imagem: Stephan Eilert/AGIF

Marinho Saldanha e Léo Burlá

Do UOL, em Porto Alegre e no Rio de Janeiro

27/12/2018 19h30

A venda de Marcelo Grohe abriu uma lacuna no gol do Grêmio. Ainda que tenha em Paulo Victor o sucessor na primeira posição da escalação do time, o Tricolor pretende a contratação de outro goleiro, e o nome escolhido é Éverson, do Ceará. 

Aos 28 anos, o camisa 1 da equipe cearense é considerado caro. Uma primeira investida gremista teve como resposta a pedida de R$ 6 milhões para venda do jogador. 

Sem intenção de arcar com esta cifra, o Tricolor respondeu colocando à disposição uma lista de atletas, da qual três foram pré-selecionados pelo técnico Lisca: Marinho, Lima e Jean Pyerre. 

Marinho está de saída após ficar "sem clima" com o vídeo em que se oferece para jogar no Flamengo. Lima está emprestado ao Al-Wasl, do Emirados Árabes Unidos, até julho de 2019, e Jean Pyerre, faz parte dos planos. 

O Tricolor ainda não respondeu se oferecerá o trio ou tentará compor negócio com apenas dois deles. 

Independente disso, a meta é dar oportunidade, primeiro, a Paulo Victor. Titular no final da temporada, o ex-flamenguista foi seguro na meta azul, branca e preta e completou o Brasileiro com 20 partidas.

Segundo estatísticas do Footstats, realizou 31 defesas simples e 14 difíceis. Além disso deu 38 rebatidas. No clube há mais de um ano, ele soma 38 partidas com 38 gols sofridos. Na temporada 2018 foram 25 jogos com 24 sofridos. 

"O Marcelo [Grohe] saiu, já sabia disso há alguns dias. Saiu porque quis. Foi uma grande proposta. Quando é muito bom para o jogador, nenhum clube segura. É uma grande chance para ele ganhar um dinheiro a mais. O Paulo Victor é jogador do Grêmio. No momento, ele é o titular", disse Renato Gaúcho antes de mais uma edição do evento beneficente Jogo das Estrelas, de Zico.

Futebol