PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Corinthians deve emprestar Rodrigo Figueiredo ao Joinville por quatro meses

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians
Imagem: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Arthur Sandes e Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

21/12/2018 16h04

O Corinthians está perto de emprestar mais um meio-campista na temporada de 2019. Em seu último ano de contrato com o Alvinegro, Rodrigo Figueiredo deve ir ao Joinville por quatro meses, voltando ao final do Campeonato Catarinense.

Não há muitos detalhes sobre a divisão dos salários do jogador - o Corinthians tentou arcar com 50% dos vencimentos, mas o time catarinense fez jogo duro para pagar menos. Procurados, os clubes não comentaram o negócio.

O meia foi promovido ao time principal do Corinthians em setembro de 2016, por entendimento de Osmar Loss e Fábio Carille, que à época treinavam respectivamente a equipe sub-20 e o time profissional. Antes disso, Rodrigo havia chegado ao clube por intermédio de Agnello Gonçalves, que era coordenador das categorias de base do Alvinegro na ocasião e atualmente é diretor executivo do Joinville. "Gosto muito dele [Rodrigo] como pessoa e como atleta. Se tivermos a oportunidade de trabalharmos juntos novamente, ao meu ver seria ótimo", comentou o dirigente ao UOL Esporte.

Rodrigo Figueiredo só entrou em campo pelos profissionais no ano passado, depois de o clube já ter assegurado o título  brasileiro.De certa forma, a ida ao Joinville repete o que aconteceu no primeiro semestre deste ano, quando Rodrigo foi emprestado ao Londrina. Ele jogou 11 partidas por lá antes de retornar em maio, e desde então foram apenas oito minutos em campo.

Neste sentido, a intenção do empréstimo é dar tempo de jogo ao meio-campista, que no Corinthians teria concorrência ainda maior com as chegadas de Ramiro e Sornoza para 2019. As chances de renovação contratual em dezembro são pequenas.

Além dele, o Corinthians tem trabalhado muito no mercado da bola para enxugar um elenco que passaria dos 50 jogadores se ninguém fosse emprestado. Paulo Roberto já foi anunciado no Fortaleza, e Mantuan se acertou com a Ponte Preta. Guilherme deve jogar um ano no Bahia, enquanto Yago e Marlone podem parar no Goiás.

Futebol