PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Promessa do Real, Odegaard avisa: "em alguns anos irão ver o meu melhor"

Contratado em 2015 pelo Real Madrid, Odegaard atuou pela equipe principal em apenas duas ocasiões  - FLORION GOGA
Contratado em 2015 pelo Real Madrid, Odegaard atuou pela equipe principal em apenas duas ocasiões Imagem: FLORION GOGA

Do UOL, em São Paulo (SP)

18/12/2018 16h48

Martin Odegaard, meio-campista do Real Madrid e que está emprestado ao Vitesse (HOL), concedeu entrevista ao tabloide norueguês VG e falou sobre o sonho de voltar a vestir a camisa da equipe madrilena e avisou que nos próximos anos todos poderão ver a melhor versão de seu futebol. 

"Se acontece no próximo verão ou em três anos [volta ao Real Madrid], de certa forma não é tão importante. Me sinto jovem, tenho muitos anos para jogar, ainda faltam cinco ou seis anos para todos verem o melhor da minha carreira", afirmou o jogador de 20 anos.

Há dois anos no futebol holandês, Odegaard demonstra evolução. Em 2017, ele atuou 42 partidas pelo Heerenveen (HOL) e marcou apenas três gols. Nesta temporada, ele foi emprestado ao Vitesse e em quinze partidas, anotou duas assistências e já marcou os mesmos três gols, superando as marcas do ano passado em um número de partidas quase três vezes menor. O jogador comentou a sua evolução com os empréstimos feitos pelo Real Madrid. 

"Sempre tive a ideia de que iriam me ceder a outro país. Sendo assim, o objetivo principal é poder jogar de forma gradual no Real Madrid e demonstrar que me emprestar foi a decisão correta", ressaltou. 

Mesmo sabendo que tinha grandes chances de ser emprestado, Odegaard disse que quando chegou ao Real Madrid, com 16 anos, criou muitas expectativas, que não foram alcançadas nos últimos dois anos. 

"Quando você chega ao Real Madrid sempre cria muitas expectativas. Eu tinha a esperança de ter mais oportunidades do que eu tive, não vou mentir. É certo que me custou muito para conseguir essas oportunidades, ganhar uma posição, eu sempre soube que seria muito complicado", revelou. 

Em quatro anos atuando no futebol profissional, o norueguês soma 159 partidas e apenas 15 gols. 
 

Futebol