PUBLICIDADE
Topo

Futebol

São Paulo acerta venda de Auro para time canadense e lucra

Lateral-direito foi revelado pelo Tricolor em 2014, sob o comando de Muricy Ramalho - Érico Leonan/São Paulo
Lateral-direito foi revelado pelo Tricolor em 2014, sob o comando de Muricy Ramalho Imagem: Érico Leonan/São Paulo

Bruno Grossi

Do UOL, em São Paulo

17/12/2018 17h27

Nesta segunda-feira, o Toronto FC, time canadense que disputa a Major League Soccer (MLS) dos Estados Unidos, anunciou a contratação do lateral-direito Auro. Ele estava emprestado pelo São Paulo até o fim deste ano e a preferência de compra foi exercida pela equipe norte-americana por 600 mil dólares (cerca de R$ 2,3 milhões).

O Tricolor possuía 70% dos direitos econômicos do jogador de 22 anos, revelado em 2014 sob o comando do então técnico Muricy Ramalho. Durante seu período de empréstimo pelo Toronto, Auro jogou 28 vezes, revezando entre a lateral e a ponta, sempre pela direita. Ele já havia sido emprestado também para América-MG e Linense durante o contrato com o clube do Morumbi.

A oficialização da compra era questão de tempo, já que o São Paulo foi avisado da intenção da equipe do Canadá em ficar com o ala desde o início de novembro. Auro, então, saiu de férias, se reapresentou ao Toronto para período de testes físicos e só agora vai negociar salários e a duração do novo contrato. A adaptação ao país e ao clube pesaram na decisão da permanência.

Na página oficial do Toronto na internet, o vice-presidente de futebol Tim Bezbatchenko comemorou a operação: "Auro mostrou em 2018 que é totalmente capaz de fazer duas funções e ser parte importante do nosso time. Ele é uma ameaça ofensiva pela ponta e também faz um sólido trabalho defensivo. Estamos felizes por conseguir fechar esse negócio e por saber que Auro continuará reforçando nosso elenco".

Futebol