PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Lincoln volta ao Grêmio, mas não fica e pode parar em Portugal

Lincoln, 20 anos, não está nos planos de Renato Gaúcho para a próxima temporada - Jorge Saenz/AP
Lincoln, 20 anos, não está nos planos de Renato Gaúcho para a próxima temporada Imagem: Jorge Saenz/AP

Do UOL, em Porto Alegre

17/12/2018 04h00

Lincoln terminou a temporada no América-MG, mas o ano de 2019 deverá ser bem longe de Belo Horizonte. O meia revelado pelo Grêmio tem contrato com o clube gaúcho, mas está fora dos planos e deverá ser negociado novamente. Portugal é o destino que surge com mais força. Inclusive para uma eventual transferência em definitivo.

Aos 20 anos, Lincoln tem contrato com o Grêmio até o final de junho de 2020.

Promovido ao grupo principal do Grêmio com 16 anos, Lincoln jogou 15 partidas ao longo da última temporada. Quatro delas pelo América-MG no Brasileirão e nove pelo Rizespor, da Turquia. Ainda houve jogos no Brasileiro de Aspirantes, pelo clube de Minas Gerais.

Recentemente, Lincoln trocou de estafe e passou a trabalhar com a Traffic. O grupo tem boa abertura com clubes portugueses e o país é considerado bom destino para o jogador. Sendo capaz de desbancar eventual interesse de equipes do Brasil de médio ou pequeno porte.

Na Arena, a negociação dos direitos econômicos do jogador não está descartada, mediante bons termos. Algo como pagamento de quantia considerável e manutenção de percentual.

Com passagem pelas seleções de base, Lincoln deve se reapresentar no início de janeiro no CT Presidente Luiz Carvalho à espera de novidades sobre o futuro. Caso não seja negociado logo, pode até ficar à disposição do grupo de transição que iniciará o Campeonato Gaúcho.

Esporte