PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Santos oferece maior salário do elenco a Dodô e aumento para Pituca

Dodô pertence a Sampdoria, da Itália, e atuou emprestado no Santos nesta temporada - Marcello Zambrana/AGIF
Dodô pertence a Sampdoria, da Itália, e atuou emprestado no Santos nesta temporada Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Samir Carvalho

Do UOL, em São Paulo

11/12/2018 11h00

O Santos negocia a permanência do lateral Dodô para a próxima temporada. Para manter o jogador em definitivo, a diretoria santista ofereceu o maior salário do elenco. Caso aceite a oferta, o camisa 16 passará a receber um ordenado de pouco mais de R$ 400 mil mensais.

Inicialmente, a reportagem havia apurado que Dodô pediu R$ 500 mil para renovar - salário que ele recebe no clube italiano. Desta forma, mesmo o Santos oferecendo o maior ordenado do elenco, Dodô terá que reduzir seu ganho mensal para ficar no clube paulista.

Em 2018, a Sampdoria arcou com o ordenado de Dodô, de 130 mil euros (R$ 557 mil), mas o alvinegro praiano compôs com 30 mil euros (cerca de R$ 128 mil) por mês.

Agora, Dodô e seu estafe precisam decidir se estão dispostos a reduzir o salário para o jogador permanecer no Santos. Caso digam sim, a cúpula alvinegra promete exercer a prioridade de compra após o fim do empréstimo, que vence neste mês.

O Santos terá que desembolsar cerca de dois milhões de euros (aproximadamente R$ 8,5 milhões) para exercer a prioridade de compra estipulada pela Sampdoria e contratar o lateral de 26 anos em definitivo.

Segundo dirigentes santistas, os empresários de Dodô alegam que o seu cliente possui diversas propostas - de clubes da Europa, México e até do Brasil. Aliás, este foi um dos motivos que fez o presidente José Carlos Peres e companhia aumentar a proposta salarial para fechar o acordo.

Dodô foi contratado por empréstimo até o dia 31 de dezembro deste ano, data limite para que o Santos deposite os 2 milhões de euros (cerca de R$ 8,5 milhões).

O lateral revelado pelo Corinthians fez a torcida santista esquecer rapidamente Zeca, que acionou o clube na Justiça e depois se transferiu para o Internacional em troca envolvendo o atacante Eduardo Sasha.

O clube paulista ainda arriscou substituir Zeca por Romário, lateral contratado do Ceará, mas o jogador não se firmou e foi renegociado com o clube cearense. A equipe santista foi obrigada a improvisar Jean Mota, Copete e até Diego Pituca no setor. Isso porque Dodô é a única opção de origem para a lateral esquerda no elenco.

Pituca também receberá aumento para ficar

Além de Dodô, a diretoria santista tentar manter o volante Diego Pituca para a próxima temporada. O atleta ganhou espaço com Jair Ventura e se firmou com o técnico Cuca na equipe titular. Para mantê-lo, o clube paulista triplicou o seu salário.

Isso porque Pituca subiu do time B com salário fora da realidade do futebol profissional, cerca de R$ 20 mil mensais. Agora, caso aceita a proposta de renovação do Santos, o volante terá um ordenado equivalente ao de Alison, seu companheiro de posição.

Pituca tem contrato com o Santos até 2021, mas a diretoria santista pretende renovar até 2023. Com isso, o clube paulista aumenta a multa rescisória e afasta o assédio de clubes do futebol brasileiro. O estafe de Pituca alega que o seu cliente possui propostas de clubes da Série A do Campeonato Brasileiro.

Futebol