PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Rogério busca acordo com Sport e encaminha acerto com o Fortaleza

Rogério tem contrato com o Sport até 2021, mas não deve ficar - Williams Aguiar/Sport Recife
Rogério tem contrato com o Sport até 2021, mas não deve ficar Imagem: Williams Aguiar/Sport Recife

Marcello De Vico

Do UOL, em Santos (SP)

11/12/2018 14h57

Apesar do interesse do Bahia, o Fortaleza é o favorito para acertar a contratação de Rogério para a temporada que vem. Ex-companheiro de Rogério Ceni no São Paulo, o atacante, que foi rebaixado com o Sport na Série A e tem contrato até o fim de 2021, tenta um acordo para se desvincular do clube pernambucano e assim ficar livre para assinar com a equipe tricolor.

Leia mais

Segundo apurou o UOL Esporte, o Fortaleza já está apalavrado com Rogério e aguarda por um acordo entre Sport e jogador para dar sequência à transação. Assim como boa parte do elenco, o atacante de 27 anos tem pelo menos três meses de salários a receber e pode até deixar o clube pernambucano em definitivo. Outra opção é ele seguir vinculado ao Sport e ser repassado ao Fortaleza por empréstimo.

De acordo com o art. 31 da Lei Pelé, 'a entidade de prática desportiva empregadora que estiver com pagamento de salário ou de contrato de direito de imagem de atleta profissional em atraso, no todo ou em parte, por período igual ou superior a três meses, terá o contrato especial de trabalho desportivo daquele atleta rescindido, ficando o atleta livre para transferir-se para qualquer outra entidade de prática desportiva de mesma modalidade, nacional ou internacional, e exigir a cláusula compensatória desportiva e os haveres devidos'.

Rogério chegou ao São Paulo em 2015 e atuou ao lado de Ceni no último ano do goleiro como jogador. Em abril de 2017, o Sport exerceu o poder de compra e contratou o atacante em definitivo até o fim de 2021.

O atacante encerrou a atual temporada no banco de reservas e marcou apenas três gols em 28 partidas disputadas pelo Sport no Campeonato Brasileiro. Com o salário alto, ele não está nos planos do clube, que foi rebaixado e disputará a segunda divisão em 2019.

O Bahia também chegou a procurar Rogério, mas a presença de Ceni no comando do Fortaleza faz com que o atacante dê preferência ao clube cearense.

Futebol