PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Time de R. Augusto supera gols de Tardelli e Gil e vence a Copa da China

Renato Augusto (centro) posa com o troféu da Copa da China - Divulgação/Site sina
Renato Augusto (centro) posa com o troféu da Copa da China Imagem: Divulgação/Site sina

Do UOL, em São Paulo (SP)

30/11/2018 13h22

O brasileiro Renato Augusto encerrou a temporada com título. Nesta sexta-feira (30), o meio-campista da seleção participou da conquista da Copa da China com o Beijing Guoan. O clube da capital segurou o empate por 2 a 2 com o Shandong Luneng, time de Diego Tardelli e Gil, e venceu a competição pelo critério de gols marcados na casa do rival - o jogo da ida foi 1 a 1, em Pequim.

Leia mais

O título veio de maneira sofrida. A equipe de Renato Augusto abriu o placar aos 16min com o espanhol Jonathan Viera. O Shandong reagiu e igualou o marcador (e a final no agregado) aos 31min, em lance de oportunismo do zagueiro Gil. 

No segundo tempo, o Beijing Guoan voltou a ficar em vantagem em gol de cabeça Zhang Xizhe, aos 34min. O time da casa ainda ensaiou uma reação com Diego Tardelli, que empatou novamente aos 44min. Porém, os visitantes seguraram a pressão e sustentaram o placar que deu o título da Copa da China.

"Foi um jogo emocionante até o fim, eles buscaram o empate duas vezes, com o Tardelli marcando aos 44. Os dois gols fora nos garantiram o título, que é muito importante para o clube. Estou feliz demais por ter ajudado o grupo e por ter sido campeão pela primeira vez aqui na China. Agora, é curtir as férias", declarou Renato Augusto, antes de elogiar o rival da final desta sexta.
 
"O gol que fizemos logo no início da partida nos deu mais tranquilidade, porque sabíamos das dificuldades que iríamos encontrar aqui. O Shandong, hoje, é uma das melhores equipes da China, também fez uma grande temporada, e conseguiu um bom resultado no nosso estádio", disse.

O troféu assegura o Bejing Guoan na fase de grupos da Liga dos Campeões da Ásia. O Shandong, por outro lado, vai disputar uma fase de playoff para tentar entrar na chave principal do maior torneio do continente. O campeão da Champions da AFC se classifica para o Mundial de Clubes da Fifa.

Futebol