PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Argentino do Benfica é oferecido ao Santos para lugar de Gabigol

Carlos Rodrigues/Getty Images
Imagem: Carlos Rodrigues/Getty Images

Marcus Alves e Samir Carvalho

Do UOL, em Lisboa (POR) e Santos (SP)

28/11/2018 04h00

Com Gabigol, uma de suas principais referências, em fim de contrato de empréstimo, o Santos terá de correr atrás de um novo goleador para 2019. Uma das alternativas na mesa do clube é o argentino Facundo Ferreyra, que se encontra encostado no Benfica. O atacante de 27 anos está de saída do futebol português e foi oferecido ao alvinegro praiano para a próxima temporada.

Existe interesse por parte do time paulista em Ferreyra, com quem chegou a conversar no meio do ano.

Na ocasião, o atleta estava em fim de contrato com o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, e ficou livre no mercado após não renovar vínculo. As negociações para a sua vinda para a Vila Belmiro esbarraram, no entanto, na pedida elevada de luvas e comissão de seus representantes.

No fim das contas, ele foi parar no Benfica, que aceitou arcar com os custos de 4 milhões de euros (R$ 17 milhões) envolvendo as despesas.

De acordo com o apurado pelo UOL Esporte, Ferreyra, que recebe um salário bruto anual em toro de 1,9 milhão de euros (R$ 8,1 milhões), pediu para mudar de ares e ouviu que os portugueses não se opõem. A princípio, a intenção é cedê-lo por empréstimo.

Com contrato de quatro anos, o camisa 19 participou de apenas sete partidas, cinco delas como titular, e balançou as redes apenas uma vez no Estádio da Luz, em Lisboa. Ele não atua desde 18 de outubro e ficou de fora da delegação que viajou para enfrentar o Bayern de Munique, pela Liga dos Campeões, na última terça-feira (27).

Existe o interesse também da Rússia e da Turquia em seu futuro.

Mesmo sem a mesma mobilidade, Ferreyra preencheria o vazio a ser deixado por Gabigol, que, embora evite falar em despedida, já confessou que as chances de seguir no clube são reduzidas. Com 27 gols em 53 jogos, o prata de casa é o artilheiro santista na temporada e um dos pilares da equipe. Ele está emprestado pela Inter de Milão e terá de se reapresentar aos donos de seus direitos federativos.

Conforme antecipado pela reportagem, o Crystal Palace, da Inglaterra, foi um dos que encaminhou consulta para contar com ele a partir de janeiro.

Outro que deixará a Vila Belmiro, o técnico Cuca, que fará uma pausa para realizar cirurgia no coração, ressaltou a necessidade do Santos encontrar novas peças para reconstruir o seu time para 2019.

“O Santos vai precisar de referências, não vai contratar muitos jogadores identificados, um ou dois. Conversei com o Bryan (Ruiz), o (Carlos) Sánchez e o Derlis (González) quando eles voltaram de viagem e disse que eles vão precisar exercer uma liderança maior ainda do que já têm no ano que vem", disse.

Abel Braga recebeu proposta de R$ 780 mil mensais e, neste momento, é o principal candidato a assumir o banco de reservas do clube.

Em 2014, outro brasileiro, o Palmeiras, discutiu abertamente a contratação de Ferreyra, porém não conseguiu concretizá-la.

Futebol