PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Palmeiras busca reação no sub-20 para conquistar vaga para Libertadores

Marcus Meloni comemora gol vestindo a camisa do Palmeiras sub-20 - Flickr oficial do Palmeiras
Marcus Meloni comemora gol vestindo a camisa do Palmeiras sub-20 Imagem: Flickr oficial do Palmeiras

Do UOL, em São Paulo

27/11/2018 10h44

O Palmeiras quer coroar seu excelente ano nas categorias de base com uma vaga na Libertadores sub-20 de 2019. Para isso, a equipe precisa ser campeã da Supercopa sub-20 em cima do São Paulo nesta terça-feira (27), no Allianz Parque, a partir das 20h. Para a entrada, o torcedor precisa levar um quilo de alimento não perecível entre 18h e o intervalo do jogo, na rua Padre Antônio Tomás, 200.

A competição reúne os campeões do Brasileirão e da Copa do Brasil da categoria e teve o time do Morumbi vencendo por 4 a 3 na primeira partida. Não há a regra do gol qualificado e, caso o Alviverde vença por um gol de diferença, a disputa será nos pênaltis.

O que anima o Palmeiras é a reação depois de chegar a perder por três gols de diferença.

"Começamos mal a partida de ida e se perdemos um pouco no jogo, mas graças a Deus conseguimos tirar um pouco a diferença. Vamos buscar o título em casa, diante do nosso torcedor. Essa partida é muito importante, o Palmeiras nunca disputou uma Libertadores, então vamos buscar essa vaga para também entrar na história do clube", contou o meia Marcus Meloni.

"O mais importante do primeiro jogo foi a nossa a reação, a superação do elenco. Voltamos para o segundo tempo com outra postura, isso foi muito importante para gente. Jogamos agora em casa com o apoio do nosso torcedor, com a casa cheia, e esperamos fazer um bom jogo e sair com o título", completou o atacante Papagaio.

O Palmeiras sub-20 já conquistou o Campeonato Paulista e o Campeonato Brasileiro neste ano. A equipe também chamou a atenção por chegar nas finais de todos as categorias de jovens nos estaduais.

"É muito prazeroso ganhar títulos com esse clube, são momentos únicos e marcantes. Foi preciso muito trabalho e dedicação para conseguir esses troféus. Todos os dois foram difíceis, não tem um que seja fácil. Esses campeonatos têm muita competitividade e isso é bom para nossa preparação. Os títulos vieram graças a muita contribuição de todas as partes do clube, desde o cara da limpeza até o treinador. Aqui um ajuda o outro, o Palmeiras tem muita gente capacitada e isso facilita muito as coisas para nós", completou Meloni.

Logo após a disputa da Supercopa, o time também já embarca para Porto Alegre, onde disputará a Copa RS de 2018 - o time está no Grupo C ao lado de River Plate (Argentina), Atlético-MG, Vasco e Toluca (México) na primeira fase.

Futebol