PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Pivô de polêmica, Latorre é anunciado por uruguaio, mas Cruzeiro desconhece

Gonzalo Latorre, atacante que defendeu a seleção uruguaia sub-17, está no Cruzeiro desde 2015 - Divulgação
Gonzalo Latorre, atacante que defendeu a seleção uruguaia sub-17, está no Cruzeiro desde 2015 Imagem: Divulgação

Do UOL, em Belo Horizonte

24/11/2018 12h47

Pivô da polêmica transferência envolvendo a chegada de Giorgian De Arrascaeta ao Cruzeiro, Gonzalo Latorre foi anunciado pelo Atlético Progresso, do Uruguai, na manhã deste sábado. A Raposa, no entanto, desconhece a saída do atleta de 22 anos.

A assessoria de imprensa do clube mineiro informa que a mudança de clube de Gonzalo Latorre é desconhecida da diretoria. Todas as negociações necessitam do aval do vice-presidente de futebol Itair Machado.

De acordo com a publicação do clube uruguaio no Twitter, o atleta que chegou à Toca da Raposa II como contrapartida da contratação de Arrascaeta retornará à sua terra natal em 2019.

O atacante tem contrato com os mineiros até dezembro do próximo ano. No entanto, não é aproveitado pela comissão técnica de Mano Menezes.

O jogador é pivô de uma polêmica nos bastidores, porque quando foi contratado, em janeiro de 2015, custou R$ 12 milhões aos cofres do clube sem nunca sequer ter jogado por uma equipe profissional. A mudança de Latorre foi somente por conta da contratação de Arrascaeta, que hoje veste a camisa 10 da equipe.

A contratação de Latorre rende ao Cruzeiro um processo na Fifa. O Club Atenas, também do Uruguai, cobra US$ 3,7 milhões do clube de Belo Horizonte por conta da negociação.

Futebol