PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Sonho do Atlético-MG, Tardelli vê renovação parada, mas deve ficar na China

Diego Tardelli em ação pelo Shandong Luneng; jogador está na mira do Atlético-MG - Reprodução
Diego Tardelli em ação pelo Shandong Luneng; jogador está na mira do Atlético-MG Imagem: Reprodução

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

20/11/2018 04h00

Diego Tardelli é um sonho do Atlético-MG para 2019. Antes mesmo da demissão de Alexandre Gallo, a diretoria já havia mantido contato com o jogador e seu estafe a fim de repatriá-lo. No entanto, o atacante de 33 anos deve seguir na China na próxima temporada. A ideia é que ele troque somente a camisa.

As negociações para que o atleta seja mantido no Shandong Luneng, da China, estão estagnadas. As tratativas acontecem há alguns meses e contaram até com a presença de membros do estafe do jogador no país. Contudo, ainda não houve um acordo entre os seus representantes e o clube que o jogador defende desde 2015. O UOL Esporte apurou que as conversas caminham para um desfecho negativo.

Apesar da possibilidade de deixar a atual equipe, Tardelli deve continuar na China. Ele recebeu propostas de outros clubes do país e considera a permanência no país. Os interessados não são revelados, mas o jogador aproveita o fato de sua família estar adaptada ao país para atuar no futebol local por mais tempo. A ideia é voltar ao Brasil independente financeiramente para encerrar a carreira.

À procura de um nome para o setor ofensivo, o Atlético trata a volta de Diego Tardelli como um sonho, mas sabe da dificuldade em repatriá-lo para 2019. Ídolo da torcida, o jogador já esboçou o desejo de retornar a Belo Horizonte. Todavia, os mineiros vivem um momento conturbado nos bastidores e não têm dinheiro para pagar o que é pedido pelo atacante. Hoje, Tardelli recebe cerca de R$ 2 milhões por mês e pretende manter este padrão nos próximos anos.

A obsessão do Galo por Diego Tardelli tem explicação. O atleta se tornou ídolo da torcida em duas passagens pelo clube. Em Belo Horizonte, ele faturou títulos importantes, como a Copa Libertadores 2013, a Recopa Sul-Americana 2014 e a Copa do Brasil 2014. O atacante ainda venceu duas edições do Campeonato Mineiro.

O Atlético não é o único interessado em repatriar Diego Tardelli. O Corinthians também já esboçou desejo de contar com o jogador em 2019. Porém, o presidente Andrés Sanchez descarta "fazer loucuras" para contratá-lo.

Diego Tardelli tem contrato com o Shandong Luneng até 20 de janeiro de 2019. Neste ano, ele foi o grande nome do time chinês, com 18 gols e nove assistências em 27 partidas.

Futebol