PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Com Odair, Inter procura "contratações criativas" para se reforçar em 2019

Técnico Odair Hellmann participa do processo de montagem do elenco para 2019 - Thiago Ribeiro/AGIF
Técnico Odair Hellmann participa do processo de montagem do elenco para 2019 Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

18/11/2018 04h00

O Internacional abriu definitivamente o processo de planejamento da próxima temporada. Em parceria com o técnico Odair Hellmann, que deve renovar seu contrato, já monitora jogadores para agregar qualidade ao grupo.

O andamento das conversas ocorre paralelamente ao processo eleitoral. O Colorado tem pleito presidencial em dezembro, mas para não perder tempo já procura alinhar as situações para 2019.

"Não posso, mesmo respeitando o processo eleitoral, ficar de braços cruzados e não pensar no ano que vem. Estamos trabalhando no planejamento há muito tempo. Analisamos o mercado, temos reuniões, discutimos. Sabemos onde estão nossas carências e vamos olhar muito bem a base e os jogadores que retornam de empréstimo. É um trabalho diário que não podemos esperar as eleições para fazer. Até porque pensamos no Inter, trabalhamos pelo Inter, para qualificar nossa equipe e manter nossos principais jogadores", disse o vice de futebol Roberto Melo.

Abrem a pauta as renovações de contrato do técnico Odair Hellmann e de Leandro Damião. Em ambos os casos o Inter está convicto que deve ampliar os vínculos. Com o técnico a situação tende a ser mais fácil. O centroavante ainda causa algumas dúvidas por conta da pedida inicial alta e dos longos períodos lesionado, mesma situação válida para Wellington Silva. 

Tanto há convicção na permanência de Odair, que ele participa do processo de montagem do elenco para o próximo ano. Temporada em que o Colorado volta a disputar uma Libertadores e pretende ir ainda melhor do que neste ano.

"Independente de qualquer coisa, estamos participando do processo porque pensamos no clube de uma forma muito profissional. Temos um dos melhores diretores executivos do Brasil, o Rodrigo Caetano. Estamos trabalhando junto com o pessoal do CAPA (Centro de Análise e Prospecção de Atletas), da comissão técnica, e nos reunimos traçando diretrizes de trabalho e pensando em 2019", afirmou o técnico.

O plano do Inter é não perder tempo. Por isso já tem, inclusive, jogadores mapeados para as primeiras ações. Entre eles aparece Willian Arão, do Flamengo, que é repetidamente elogiado nos bastidores do Beira-Rio.

"Não podemos perder tempo, temos que sentar e conversar porque somos profissionais. Agora é que surgem as oportunidades", completou Odair.

E o Inter busca a criatividade para conseguir se reforçar com qualidade sem o mesmo poder econômico de outras equipes. Ainda que não sejam muitos reforços na mira, já que a direção entende que o elenco está praticamente pronto. 

"Não temos dinheiro para fazer aquelas contratações mais caras, de milhões, temos que ser criativos, como fomos no início deste ano já trazendo jogadores difíceis de trazer e com muita habilidade. Vamos fazer isso para o próximo ano, uma análise do plantel, pensar em agregar, em renovações, e já conversamos muito sobre isso", finalizou.

O Internacional ainda tem a disputa pelo título do Brasileiro nesta reta final de temporada. Está cinco pontos atrás do Palmeiras, restando 12 a disputar até o término da competição.

Futebol