PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Sem Bandeira de Mello, vice "afastado" comanda evento de torcedores no Fla

Maurício Gomes de Mattos e Eduardo Bandeira de Mello são desafetos no Flamengo - Pedro Ivo Almeida/UOL
Maurício Gomes de Mattos e Eduardo Bandeira de Mello são desafetos no Flamengo Imagem: Pedro Ivo Almeida/UOL

Vinicius Castro

Do UOL, no Rio de Janeiro

17/11/2018 04h00

O Flamengo realiza na manhã deste sábado (17) o 9º Encontro Internacional Embaixadas e Consulados da Nação. O evento na Gávea celebra os núcleos de torcedores espalhados pelo Brasil e demais países, além de diplomar os novos integrantes do projeto. A agenda faz parte das comemorações pelos 123 anos do Rubro-negro, mas não contará com o presidente Eduardo Bandeira de Mello.

A ausência, inclusive, gerou um cenário curioso. O mandatário viajou com a delegação para Recife, local da partida contra o Sport, domingo (18), às 17h (de Brasília), na Ilha do Retiro. Desta forma, o vice-presidente geral Maurício Gomes de Mattos será o responsável por comandar as festividades. O vice-presidente de marketing Daniel Orlean também terá papel importante no evento.

Acontece que Maurício divulgou um vídeo na última semana no qual afirmou ter sido destituído por Bandeira do projeto Embaixadas e Consulados da Nação. A repercussão foi ruim nos bastidores e fez até com que o grupo político do presidente, o SóFla (Sócios Pelo Flamengo), desse apoio ao vice geral.

A rixa entre Bandeira e Maurício é antiga. O fato de o segundo apoiar o opositor Rodolfo Landim na próxima eleição presidencial do clube e reconhecidamente ser o dirigente mais ativo junto aos torcedores, fez com que Bandeira de Mello o "afastasse" ao alegar uso indevido do clube politicamente.

Mas, mesmo com a crise interna, Maurício Gomes de Mattos será o "protagonista" do evento por conta da decisão do seu desafeto. Ele receberá homenagens de diversas Embaixadas e Consulados. Por outro lado, era sabido que os núcleos preparavam manifestações contra Bandeira mesmo antes da ausência no evento.

O presidente, pelo segundo ano consecutivo, também não participou dos "parabéns" e do corte oficial do bolo na festa de aniversário do Flamengo. Da mesma forma que em 2017, a justificativa para a ausência foi pautada em reuniões do futebol no CT Ninho do Urubu.

O Flamengo pré-eleição é um turbilhão no qual o ainda presidente se mostra afastado nos últimos momentos de mandato e um dirigente "destituído" se torna responsável pela ligação junto ao maior patrimônio do clube, a sua torcida.

Futebol