Topo

Futebol


Diego Alves e Dorival batem boca e são separados por jogadores no Flamengo

O goleiro Diego Alves vive momento delicadíssimo nos bastidores do Flamengo - Gilvan de Souza/ Flamengo
O goleiro Diego Alves vive momento delicadíssimo nos bastidores do Flamengo Imagem: Gilvan de Souza/ Flamengo

Do UOL, no Rio de Janeiro

01/11/2018 19h43

A polêmica envolvendo Diego Alves teve um novo capítulo no Flamengo. O goleiro, que foi multado por se recusar a viajar para enfrentar o Paraná, discutiu com o técnico Dorival Júnior na frente do elenco. Os jogadores e o diretor Carlos Noval precisaram separar os dois.

A informação foi publicada pelo Coluna do Flamengo. Diego Alves pediu uma reunião com o elenco para explicar os motivos que o fizeram não viajar para Curitiba. Dorival Júnior respondeu com outra versão e o clima esquentou.

Foi, provavelmente, o último ato do camisa 1 pelo Flamengo, já que desde o início da polêmica já estava definido que ele não jogaria mais pelo clube na atual temporada.

Diego Alves está entre os maiores salários do elenco rubro-negro e ainda possui mercado fora do país. A tendência é a de que ele não cumpra o contrato até 31 de dezembro de 2020 e seja negociado.

Além da indisciplina, o goleiro se recupera de entorse no joelho e está mais uma vez fora da lista de relacionados do Flamengo, fato que deve se repetir até a 38ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Mais Futebol