PUBLICIDADE
Topo

Futebol

D'Alessandro quer usar jogo beneficente para romper 'grenalização'

D"Ale se envolveu em polêmicas recentes no clássico, mas quer fim de grenalização - Ricardo Rímoli/AGIF
D'Ale se envolveu em polêmicas recentes no clássico, mas quer fim de grenalização Imagem: Ricardo Rímoli/AGIF

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

30/10/2018 15h09

D'Alessandro reforçou o objetivo de romper com a 'grenalização', termo adotado para definir a rivalidade entre Inter e Grêmio, através do Lance de Craque, seu jogo beneficente anual em Porto Alegre. Para isso, convidou jogadores do Grêmio para o evento e até tentou levá-lo para Arena, sem sucesso.

Em 2018, o jogo será novamente no Beira-Rio, em 16 de dezembro. E na lista de personalidades já confirmadas não há nenhum atleta do Tricolor. Mas segundo D'Ale, convites foram realizados e é possível que, dependendo do calendário, os gremistas estejam presentes.

"Sempre temos atletas do Grêmio convidados. O Marcelo Grohe é nosso embaixador do Grêmio e sempre está presente. Sempre dá uma ligada para ver se precisamos de alguma ajuda, alguma coisa. O Geromel também sempre está presentes. Eles estão sempre convidados. Não vamos confirmar, quem sabe pode ser confirmado ali na frente, mas pode ter outros também. Ano passado não deu por circunstâncias do futebol, mas tinha oito jogadores do Grêmio confirmados. Tentamos fazer isso, não ter só do Inter. Obviamente que do Inter fica mais fácil pelo relacionamento e a proximidade, mas temos quebrado essa barreira com convites. Acho que vai dar certo porque tem muitos caras com a mente aberta que querem ajudar e fazer parte", disse o camisa 10 do Inter.

Os jogadores do Grêmio não estiveram presentes no evento do ano passado porque foi realizado exatamente no mesmo dia da final do Mundial de Clubes em que o Tricolor enfrentou o Real Madrid e foi derrotado por 1 a 0.

Mas neste ano, muita discussão e troca de ofensas, até empurrões, após o último clássico Gre-Nal pode ter arranhado um pouco a relação entre os extremos do Rio Grande do Sul. O capitão gremista, Maicon, por exemplo, disparou contra jogadores do Inter em coletiva, tinha feito o mesmo, aos gritos, na antessala dos vestiários da casa vermelha. Rodrigo Dourado também provocou o adversário. E no Gre-Nal do primeiro turno D'Alessandro acertou Luan após o fim do jogo, Luan queria brigar até na sala de exame antidoping, e o clima ficou longe do ideal.

Levar o jogo para Arena do Grêmio

Um dos objetivos para encerrar com a 'grenalização' seria levar o Lance de Craque para Arena do Grêmio. No entanto, D'Alessandro revelou que não foi possível novamente, e talvez nunca será, fazer a partida por lá.

"Tentamos nos aproximar mas é muito difícil. Tentamos, posso confirmar que tentamos, de qualquer jeito, mas é muito complicado nos aproximar. É muito difícil, e acho que vai ser difícil de acontecer", lamentou o gringo.

O evento de lançamento do Lance de Craque, realizado na segunda-feira, revelou uma novidade: o pentacampeão Lúcio virou um dos parceiros do evento e formará um dos times na partida festiva de dezembro.

Futebol