PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Cuca coloca Santos atrás dos demais para 2019: "há uma incógnita grande"

Siga o UOL Esporte no

Do UOL, em Santos (SP)

28/09/2018 12h02

Com setembro chegando ao fim e 2019 batendo na porta, o planejamento para a próxima temporada já começa a ser definido e até concretizado em certas áreas pelos times. Ao menos na maioria deles. O mesmo, porém, não acontece no Santos. Com a indefinição de quem continuará na presidência, o clube aguarda o resultado da votação de impeachment de José Carlos Peres neste sábado (29) para só depois dar início aos preparativos para o ano que segue.

O assunto foi abordado por Cuca na entrevista coletiva da última quinta-feira (27), após o empate por 1 a 1 com o Vasco, no estádio do Pacaembu. Ansioso por começar a pensar no time do ano que vem, o técnico – que tem contrato com o Santos até o fim de 2019 – admite que ainda não é possível fazer planejamentos por conta do conturbado momento político do clube.

“Eu detectei as necessidades que temos, todo time tem. Agora a gente teria que ganhar tempo em relação aos demais. Só estamos no Brasileiro, mas temos uma indefinição da nossa chefia e não podemos fazer nada. Gosto de montar times, mas tem que ver de que forma as coisas vão acontecer. Há uma incógnita muito grande para ver o que vai acontecer. Vamos esperar”, disse.

Cuca, técnico do Santos, durante jogo contra o São Paulo - Marcello Zambrana/AGIF - Marcello Zambrana/AGIF
Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Cuca preferiu não analisar se o time, dentro de campo, vem sofrendo alguma influência pelos problemas que acontecem fora dele. Mas evitou culpar este fator pelo tropeço no Pacaembu.

“Vamos ver domingo como a gente joga. Se influencia ou não a resposta tem que ser domingo. A gente blinda. Não posso culpar um mau resultado porque temos um problema político. O Vasco também tem isso e conseguiu fazer um bom jogo. Temos que ter uma regularidade. Hoje ela [vitória] não veio e eu vou buscar o porquê”, acrescentou o treinador.

O Santos volta a campo no domingo (30), quando recebe o Atlético-PR na Vila Belmiro, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Futebol