PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Com nome de sertanejo, Marrony vira pupilo de Valentim e talismã do Vasco

Siga o UOL Esporte no

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

25/09/2018 07h48

Com nome de sertanejo por conta do gosto de sua mãe pelo cantor homônimo, o jovem Marrony, de apenas 19 anos, foi o herói do Vasco na importante vitória sobre o Bahia por 2 a 1, nesta segunda-feira (24), que tirou a equipe da zona de rebaixamento.

O atacante entrou no segundo tempo e, aos 32 minutos, fez seu primeiro gol com a camisa cruzmaltina no profissional. Aposta de Alberto Valentim, ele agradeceu ao treinador.

“Fico feliz pelo gol, pelo momento. Digo obrigado ao Valentim por estar me dando oportunidade. Fui feliz ali de cabeça. Não tem nem o que falar. 2 a 1 com gol meu! Fico muito feliz. Sensação enorme. Ver essa torcida linda cantando não tem preço”, disse ao Sportv o garoto que foi criado nas divisões de base do clube.

Já Valentim fez questão de parabenizá-lo e destacou que o jovem tem “personalidade”:

“Faz parte do elenco. Agora vamos trazer o Rodrigo, volante, por causa das fraturas (Desábato e Bruno Silva). Eles (garotos da base) precisam estar prontos para jogar. Falo muito isso para eles. O Marrony tem ido bem e hoje foi coroado. Tem muita personalidade".

Na comemoração, Marrony fez questão de apontar para o setor social onde estavam o pai e a mãe, responsáveis por batizá-lo com o nome do famoso cantor, que entre outros sucessos, explodiu com o hit “Dormi na praça” em parceria com sua dupla Bruno. O nome do sertanejo, porém, tem uma grafia diferente, terminando com “e” ao invés do “y” do vascaíno.

Treinou com a seleção principal antes da Copa

Nas semanas que antecederam à Copa do Mundo da Rússia, Marrony teve uma experiência enriquecedora e inesquecível: ele e outros jogadores sub-20 foram convidados pela comissão técnica de Tite para um período de treinamentos na Granja Comary (RJ) com a seleção brasileira principal. O jovem jogou e tietou seus ídolos Neymar e Gabriel Jesus.

O atacante, aliás, tem passagens por seleções de base e é visto como uma promessa dentro de São Januário.

Efetivado com Zé Ricardo

Embora tenha virado pupilo de Alberto Valentim, Marrony foi efetivado aos profissionais pelo técnico Zé Ricardo. O atacante estreou ainda no Campeonato Carioca deste ano contra a Cabofriense e em seguida acabou retornando algumas vezes para o sub-20.

Agora, com o atual treinador, ele já disputou mais quatro partidas, tendo sido aproveitado nos últimos quatro consecutivos. Natural de Volta Redonda (RJ), Marrony chegou ao Vasco em 2015.

Futebol