PUBLICIDADE
Topo

Futebol

"Bom, bonito e barato", Everaldo é tiro certeiro do Flu no mercado

Siga o UOL Esporte no

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

25/09/2018 07h38

Sem grana em caixa, o Flu não teve poder de fogo muito alto para ir ao mercado, o que obrigou que os responsáveis pelo mapeamento de reforços ficassem ainda mais atentos a jogadores sem badalação e cartaz.

Um desses tiros tricolores foi no atacante Everaldo, que disputava a Série B do Campeonato Brasileiro pelo São Bento. Desconhecido do grande público, chegou ao clube sem alarde e já se tornou um dos principais jogadores da equipe de Marcelo Oliveira.

Emprestado pela equipe do interior paulista, o atacante tem contrato com o Tricolor até maio, que terá de desembolsar cerca de R$ 2 milhões para ficar em definitivo com o atacante. Com salário dentro da realidade do clube, Everaldo tem o perfil desejado pela diretoria, que adotou uma postura que reinou no Flu há décadas atrás: a do "bom, bonito e barato".

"Everaldo foi um grande achado. Ele era do São Bento, vi jogar umas duas vezes e me agradou e chegamos no nome dele. É muito trabalhador e intenso. Se tornou titular por mérito e por coerência do treinador", analisou Marcelo Oliveira.

É bem verdade que nem sempre as tentativas são tão certeiras, mas a situação momentânea do Fluminense não permite saltos mais audaciosos. 

Contra a Chapecoense, Everaldo marcou seu segundo gol com a camisa do clube e ajudou os cariocas a quebrarem um tabu incômodo. Nos encontros anteriores na Arena Condá, o Tricolor somava seis derrotas, três empates e uma vitória. O time de Marcelo Oliveira pulou para a 9ª posição, com 34 pontos.

Na próxima rodada, o Flu recebe o Grêmio, sábado, 16h, no Nilton Santos. Marcelo não poderá com Airton e Jadson, ambos suspensos pelo terceiro cartão amarelo.

Futebol