PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Bandeira diz que Flamengo passa pelo Corinthians "se o juiz deixar"

Vinicius Castro

Do UOL, no Rio de Janeiro

25/09/2018 04h00

O tema "arbitragem" é recorrente no Flamengo e dominou os corredores do Maracanã após a vitória por 2 a 1 sobre o Atlético-MG, no último domingo (23). Enquanto o vice de futebol Ricardo Lomba concedia entrevista com duras críticas ao árbitro paranaense Rodolpho Toski Marques, o presidente Eduardo Bandeira de Mello não disfarçava a fúria com a atuação. Abordado algumas vezes nos bastidores do estádio, o mandatário reforçou a insatisfação e não escondeu a preocupação para a semifinal da Copa do Brasil. Por mais de uma vez, Bandeira afirmou em conversas que confia totalmente na classificação do Flamengo, fora de casa, mas reforçou o discurso de que a sonhada vaga na final vem "se o juiz deixar".

Para ler esta notícia na íntegra, além de outras novidades dos bastidores da bola, acesse a coluna De Primeira.

Futebol