PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Auxiliar de Sarri, Zola diz que Hazard "ainda não mostrou todo potencial"

Ídolo do Chelsea, Zola diz que Hazard pode chegar ao máximo do seu futebol com Sarri - Glyn Kirk/AFP
Ídolo do Chelsea, Zola diz que Hazard pode chegar ao máximo do seu futebol com Sarri Imagem: Glyn Kirk/AFP

Do UOL, em São Paulo

25/09/2018 19h04

Ídolo do Chelsea e atual assistente do técnico Maurizio Sarri, o ex-atacante Gianfranco Zola acredita que Eden Hazard ainda não atingiu o topo do seu potencial. Para ele, o belga poderá demonstrar a melhor performance da carreira com a ajuda do novo treinador italiano.

"Ele está ficando cada vez melhor. Ele não chegou ao máximo da sua qualidade. Ele ainda pode usar suas habilidades de uma maneira melhor. Eu realmente acredito nisso. E nesse ano, esse time e Maurizio, em particular, irão ajudá-lo a atingir seu potencial máximo", analisou.

Zola fez questão de negar que a comissão técnica está infeliz com Hazard. "Nós estamos muito contentes com ele, mas à medida que você joga, ganha mais experiência. [Se você atua] em alto nível por um longo período, fica melhor e aprende a usar suas habilidades de uma maneira mais eficiente."

"Ele fará isso sozinho, mas nós também iremos sugerir como pode ser mais efetivo no campo. Ele se beneficiará pela maneira com que tentamos jogar", acrescentou. "Buscamos nos manter o máximo de tempo possível no campo adversário. Quanto mais perto o mantivermos do gol, mais chances temos de ele receber a bola próximo à área e ser mais eficiente."

Hazard deverá ser poupado da partida contra o Liverpool, nesta quarta-feira (26), em Anfield, pela Copa da Liga Inglesa. O belga, no entanto, estará em campo para o confronto contra o mesmo time pela Premier League, no sábado (29), em Stamford Bridge.

"Um novo mundo"

Atacante do Chelsea entre as décadas de 1990 e 2000, Zola retornou ao clube nesta temporada, como assistente, 15 anos depois. Curiosamente, sua última partida com a camisa do time londrino foi contra o Liverpool, pelo Campeonato Inglês, próximo adversário da equipe. 

Perguntado sobre o trabalho com Sarri, afirmou que "ele abriu um novo mundo na minha frente. Eu achei que sabia bastante sobre futebol, mas estava errado". "Tem sido uma grande experiência. Além disso, estou gostando de trabalhar com ele, como pessoa, e também com sua comissão. Estamos muito bem juntos. Precisamos continuar assim", encerrou. 

Futebol