PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Cusparada e lesão deixam Douglas Costa fora de convocação da seleção

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

21/09/2018 11h33

Titular da Juventus neste início da temporada, Douglas Costa recebeu o diagnosticado de duas lesões que devem tirá-lo de ação pelas próximas semanas. Entretanto, a não-convocação para os amistosos contra Arábia Saudita e Argentina tem outro fator decisivo: a cusparada no rosto de Federico Di Francesco, do Sassuolo, em jogo pelo Campeonato Italiano.

Em entrevista coletiva concedida no fim da manhã desta sexta-feira, quando anunciou a convocação para os dois compromissos de outubro, Tite lamentou o ato indisciplinado do atacante da Juve e confirmou o ocorrido como um fator decisivo para Douglas Costa ficar fora da lista.

"Todos os atletas da seleção que foram à Copa estão habilitados a estarem de volta. As oportunidades vão surgindo e o desempenho é que dirá. Douglas Costa não foi convocado por dois fatores: a lesão e incidente; ou melhor, o ato de falta de disciplina", declarou Tite, que promete conversar com o jogador no futuro.

"Prioridade agora é a seleção, são os atletas que tiveram essa condição [da convocação]. Esse momento da conversa com ele é posterior", acrescentou o treinador.

A cusparada no rosto do adversário do Sassuolo custou uma dura punição para o atacante brasileiro, suspenso pelos próximos quatro jogos da Juventus no Campeonato Italiano.

Em relação à questão física, Douglas Costa teve diagnosticado com um forte trauma de entorse no tornozelo esquerdo e distensão no músculo adutor da coxa direita, segundo informou o clube bianconero em comunicado divulgado nesta sexta-feira.

Sem Douglas Costa, que deixou os Estados Unidos neste mês como um dos destaques da seleção, o Brasil encara a Arábia Saudita em 12 de outubro; quatro dias depois, a equipe comandada por Tite encara a rival Argentina. Os dois jogos serão em solo saudita.

Confira a lista dos convocados:

Goleiros: Alisson (Liverpool), Ederson (Manchester City) e Phelipe (Grêmio)
Defensores: Alex Sandro (Juventus), Danilo (Manchester City), Eder Militão (Porto), Fabinho (Liverpool), Marquinhos (PSG), Marcelo (Real Madrid), Miranda (Internazionale) e Pablo (Bordeaux)
Meio-campistas: Arthur (Barcelona), Casemiro (Real Madrid), Fred (Manchester United), Philippe Coutinho (Barcelona), Renato Augusto (Beijing Guoan), Walace (Hannover)
Atacantes: Everton (Grêmio), Roberto Firmino (Liverpool), Gabriel Jesus (Manchester City), Malcom (Barcelona), Neymar (PSG) e Richarlison (Everton)

Futebol