PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Pedro vai passar por cirurgia e desfalca o Fluminense por até seis meses

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

18/09/2018 10h16

O pior cenário imaginado pela torcida do Fluminense aconteceu: com lesão nos ligamentos do joelho direito, o atacante Pedro será operado e pode desfalcar o time por até seis meses.

A informação será confirmada em coletiva nesta terça. O jogador se lesionou em jogo contra o Cruzeiro e foi cortado da seleção brasileira dos amistosos de setembro contra Estados Unidos e El Salvador. Os médicos do clube tentaram fazer um tratamento convencional, mas foi constatada a necessidade da intervenção.

"Havia uma esperança que não precisasse do tratamento cirúrgico, mas há nove dias, o Dr. Douglas Santos fez a ressonância e defniu a necessidade do tratamento cirúrgico. Houve um pedido do estafe e do jogador para que a gente não mencionasse sobre a questão médica por questões pessoais inerentes à vida pessoal do jogador", afirmou o médico do clube, Michael Simoni.

“A gente vem conversando, o Pedro está bastante chateado com a situação vivida. O atleta vinha em tratamento fisioterápico, dava satisfação à seleção brasileira. Optamos que o Rodrigo [Lasmar] avaliasse o jogador para poder dar um feedback à seleção brasileira. Ele também julgou necessário o procedimento cirúrgico”, acrescentou.

Como revelado pelo médico do Fluminense, Pedro era monitorado pelo departamento médico da seleção brasileira desde a lesão. O centroavante viajou até Belo Horizonte há poucos dias para ser avaliado por Rodrigo Lasmar, que concordou sobre a necessidade de cirurgia para o caso do camisa 9 do Flu.

Clube interessado no tricolor, o Real Madrid tinha conversas adiantadas com o Flu para um eventual negócio, mas a lesão coincidiu com o fim da janela de transferências, o que significou um sinal amarelo para o prosseguimento das tratativas.

O Monterrey (MEX) já fez duas ofensivas e a segunda oferta (R$ 96,7 milhões) superou um pouco a inicial, que era de 15 milhões de euros (R$ 72,5 milhões). O Flu é dono de 50% dos direitos do jogador. Os tricolores também recusaram uma oferta do Bordeaux pelo atacante. Por ?apenas? 8,5 milhões de euros (R$ 41,1 milhões), os dirigentes disseram não à proposta francesa.

Operação gera crise no departamento do Flu

A lesão do atacante Pedro gerou uma crise no departamento médico do Fluminense. O jogador será operado por Rodrigo Lasmar, médico da seleção brasileira, o que criou um péssimo clima para os profissionais do clube.

Futebol