PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Jogador que levou cusparada do Douglas Costa rebate acusação de racismo

Reprodução
Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

18/09/2018 10h38

O meia Federico Di Francesco, do Sassuolo, criticou as acusações de que teria feito algum comentário racista antes de levar uma cusparada de Douglas Costa na partida contra a Juventus. Em declaração publicada pelo próprio clube, o jogador disse estou "profundamente incomodado".

"Estou profundamente incomodado com as ilações e invenções que apareceram em alguns meios de comunicação. Tudo isso é ofensivo e depreciativo. Não permito que me atribuam comportamentos racistas ou frases que não condizem aos meus valores éticos e que são resultado da imaginação de outros. Eu peço e exijo respeito", afirmou.

A declaração de Di Francesco aconteceu depois de comentários de Patrice Evra e do próprio Douglas Costa no Instagram. O ex-lateral da Juventus escreveu ao brasileiro: "você se desculpou pelo seu gesto, mas as pessoas nunca saberão o que ele lhe disse".

Já Douglas Costa rebateu o comentário de um torcedor. "Eu levanto às 5h desde os meus 12 anos. E tu nem sabe o que ele me falou. Mas tudo bem, peço desculpa para quem tiver que pedir, porque errei".

Num intervalo de minutos o brasileiro deu uma cotovela, uma cabeçada e levou um cartão vermelho depois de cuspir no rosto de Di Francesco. A agressão passou despercebida ao juiz, mas o atacante foi flagrado pelo VAR.

O técnico da Juventus, Massimiliano Allegri, afirmou que o brasileiro será punido pela cusparada. O atacante pediu desculpas pelo gesto.

Futebol