PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Felipe celebra reencontro com Tite: "Importante para o meu crescimento"

Felipe comemora após marcar pelo Porto - Miguel Riopa/AFP
Felipe comemora após marcar pelo Porto Imagem: Miguel Riopa/AFP

Do UOL, em São Paulo

31/08/2018 11h47

Zagueiro do Porto, Felipe terá a oportunidade de reencontrar Tite na seleção brasileira. Depois de trabalhar com o técnico no Corinthians, o jogador foi convocado para os amistosos contra Estados Unidos e El Salvador.

"Fiquei muito feliz, sem dúvida. Nunca escondi que o Tite e toda comissão técnica do Corinthians foram muito importantes para o meu crescimento profissional e pessoal. Eles me deram muitos conselhos na época, falaram com meus pais, sempre tiveram uma preocupação e um carinho muito grandes comigo. Pude aprender muito com eles nestes anos e, graças a Deus, hoje estou em um clube gigante da Europa como o Porto e pude voltar a ser chamado pela seleção brasileira para defender o meu país", disse Felipe, em entrevista ao site oficial da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Felipe havia sido chamado pela primeira vez em 2016, quando era comandado por Tite no Corinthians. A convocação para os amistosos foi a primeira desde que o treinador assumiu a seleção.

"Será muito legal reencontrá-lo na seleção. Fico feliz que as coisas tenham dado certo para nós, passa um filme na cabeça desde 2012, quando começamos a trabalhar juntos. Será uma grande oportunidade, e espero poder corresponder às expectativas para voltar a ser chamado novamente e me firmar no grupo", declarou o defensor.

Agora, o jogador faz planos para se firmar na equipe nacional e voltar a ser convocado no futuro.

"É uma grande chance e espero aproveitá-la. A receita é trabalhar, trabalhar, trabalhar... No Porto e na seleção brasileira, seja nos treinos ou nos jogos, é dar o máximo de si e se manter focado. O grupo da seleção é muito qualificado, nós temos excelentes jogadores, não só entre os convocados, mas diversos outros jogadores estão buscando um espaço. Quem tem a chance, precisa agarrá-la e é isso que espero fazer", afirmou.

Futebol