PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Disparado na Série B, Ceni comemora: "É possível ser feliz fora do eixo"

Ex-goleiro do São Paulo por 26 anos vive primeira experiência no Nordeste como técnico - Paulo Matheus/Fortaleza
Ex-goleiro do São Paulo por 26 anos vive primeira experiência no Nordeste como técnico Imagem: Paulo Matheus/Fortaleza

Do UOL, em São Paulo

19/08/2018 10h49

A vitória por 2 a 1 sobre o Boa Esporte neste sábado fez o Fortaleza abrir seis pontos de vantagem na liderança da Série B do Campeonato Brasileiro. Disparado na ponta da tabela e com dez pontos à frente do limite de classificação para a elite do futebol nacional, o time nordestino é comandado por um profissional que ganhou forte identificação na região Sudeste: Rogério Ceni, goleiro do São Paulo durante 26 anos e que foi técnico do time no ano passado, de janeiro a julho. 

Fora do São Paulo há mais de um ano, o ex-goleiro reencontrou a felicidade no Fortaleza. "Aprendi que é possível ser feliz em um clube fora do eixo Sul-Sudeste do país", disse, em entrevista ao Esporte Espetacular, da TV Globo.

Na Série B, o Fortaleza soma 13 vitórias, quatro empates e quatro derrotas, com 33 gols marcados e 16 sofridos. É líder, melhor ataque, segunda melhor defesa e melhor mandante do Brasileiro com boa vantagem. A campanha surpreendente em seu primeiro ano de trabalho no novo clube faz com que o objetivo mais próximo seja o título da Segunda Divisão no fim do ano. Por isso, Ceni evita pensar muito à frente, pois seu contrato é válido somente até dezembro.

"Gostaria de concluir meu ano de trabalho aqui", pediu o técnico, que ainda completou: "Não quero chegar trabalhando como técnico até 65, 70 anos, mas quem sabe eu possa passar 10, 12 anos trabalhando como treinador."

O Fortaleza volta a jogar na próxima terça-feira, às 20h30, contra o CRB.

Futebol