PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Técnico do Sevilla ironiza cidadania europeia de Coutinho antes de final

Divulgação/Sevilla
Imagem: Divulgação/Sevilla

Do UOL, em São Paulo

11/08/2018 16h07

O técnico do Sevilla, Pablo Machín, respondeu com ironia ao ser questionado da cidadania portuguesa obtida por Philippe Coutinho na véspera da Supercopa da Espanha contra o Barcelona, no próximo domingo (12).

“É curioso que aconteça um dia antes da final, mas nós nos dedicamos a jogar, enquanto essas coisas acontecem nos escritórios. A avaliação deve ser feita por vocês (jornalistas)”, disse.

O Barça teria que cortar um dos quatro jogadores extracomunitários para a partida, já que a equipe conta com quatro atletas com cidadania de países não europeus: o próprio Coutinho, os também brasileiros Arthur e Malcom e o chileno Arturo Vidal.

Porém, o camisa 7 conseguiu tirar o passaporte português e, desta forma, agora é considerado um europeu. Ele iniciou o processo no começo do ano, e a esposa dele, Aine, tem a cidadania portuguesa.

O Barcelona disputa a Supercopa por ter sido o campeão do Campeonato Espanhol na última temporada, enquanto o Sevilla estará em campo por ter ficado com o vice da Copa do Rei, vencida justamente pelo Barça.

Futebol