PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Cavani admite atrito com Neymar por causa de cobrança de pênalti

Jack Chan/Xinhua
Imagem: Jack Chan/Xinhua

DO UOL, em São Paulo

03/05/2018 07h57

À espera da final da Copa da França e entrando em clima de férias, o PSG já começa a fazer um balanço da temporada. E, como não poderia deixar de ser, o atrito com Neymar por causa da preferência nas cobranças de pênalti foi tema de uma entrevista de Edinson  Cavani à rádio “RMC”.

O uruguaio admitiu o atrito e explicou quais eram as diferenças com Neymar na ocasião. "É verdade que houve um problema neste momento com Neymar. Conversamos... Eu disse que sou o primeiro a querer que ele ganhe prêmios individuais, mas desde que coloque os objetivos coletivos na frente", disse.

A disputa pelo posto de cobrador oficial de pênaltis marcou o início de temporada do PSG, tendo como auge um desentendimento em campo entre os dois jogadores no duelo contra o Lyon, em setembro de 2017. Na ocasião, Cavani venceu a discussão e fez a cobrança, desperdiçando-a.

Na sequência, pressionado para definir quem seria o batedor oficial, o técnico Unai Emery escolheu o brasileiro, decisão que foi respeitada por Cavani. “Foi fácil entender, os líderes do time tomaram uma decisão e eu respeitei essa decisão", disse o uruguaio.

O atrito entre os jogadores voltou à tona em janeiro deste ano, quando na goleada por 8 a 0 sobre o Dijon a torcida do PSG desaprovou Neymar por não ceder a cobrança a Cavani. O time já estava com a vitória garantida e o uruguaio teria a chance com o lance de antecipar o recorde de maior goleador da história do PSG.   

“As vaias públicas não são boas para ele. Eu me coloco no lugar dele, não me agrada, sinceramente", disse Cavani sobre o episódio. “Eu sou um profissional do futebol, eu não sou uma estrela. Se tenho companheiros que podem ganhar prêmios pessoais, eu vou tentar fazer o máximo, mas é preciso sempre colocar os objetivos da equipe antes”, completou.

Com os títulos do Campeonato Francês e da Copa da Liga Francesa garantidos, o PSG tem na Copa da França a sua última chance de conquista nesta temporada. A final contra o Les Herbiers será realizada na próxima terça-feira.

Futebol