PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Opositores citam até Vinicius Jr., mas presidente do Flu defende aliado

Gerente geral da base do Fluminense, Marcelo Teixeira é criticado por opositores -  MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC
Gerente geral da base do Fluminense, Marcelo Teixeira é criticado por opositores Imagem: MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC

Léo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

29/03/2018 04h00

Peça-chave de uma disputa política que aumenta a temperatura dos bastidores das Laranjeiras, Marcelo Teixeira, diretor esportivo da base do Fluminense, foi bancado no cargo pelo presidente Pedro Abad, ainda que nove de 12 vice-presidentes tenham pedido a sua demissão. Em reunião do Conselho Deliberativo marcada por tom elevado e troca de ofensas, opositores do dirigente questionaram o trabalho da base tricolor, considerado ruim por eles. O grupo de conselheiros usou como exemplo a venda do rubro-negro Vinicius Jr. ao Real Madrid para demonstrar que Teixeira não consegue "trazer dinheiro" para o clube.

Para ler esta notícia na íntegra, além de outras novidades dos bastidores da bola, leia a coluna De Primeira.

Futebol