PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Inter confirma herói do título de 92 na comissão técnica de Odair Hellmann

Caíco foi campeão da Copa do Brasil de 1992 com o Internacional e será auxiliar - Mariana Capra/Inter
Caíco foi campeão da Copa do Brasil de 1992 com o Internacional e será auxiliar Imagem: Mariana Capra/Inter

Do UOL, em Porto Alegre

20/12/2017 17h01

Caíco está confirmado como auxiliar técnico de Odair Hellmann no Inter. O ex-meia autor do gol na derrota por 2 a 1 para o Fluminense no Rio de Janeiro, que combinada com a vitória por 1 a 0 em Porto Alegre deu ao Colorado seu único título da Copa do Brasil, em 1992, ele trabalhava nas categorias de base do clube. 

Através de nota oficial, o Inter confirmou a colocação de Caíco no principal. Tal situação já vinha sendo tratada há algum tempo e precisava apenas de confirmação. 

Com 43 anos, Caíco teve ampla carreira no futebol. Além do Inter, defendeu equipes como Santos, Flamengo, Atlético-MG e Ponte Preta. Também jogou na Europa e no Japão. Como auxiliar, seu primeiro trabalho foi na base do Inter. 

Confira a nota oficial do clube: 

O Sport Club Internacional acertou a promoção do auxiliar técnico Caíco, que fará parte da comissão técnica da primeira equipe, comandada por Odair Hellmann. Caíco já estará integrado a partir da reapresentação do grupo, em 2 de janeiro.

Formado no Celeiro de Ases, Airton Graciliano dos Santos – ou simplesmente Caíco – começou a despontar para o mundo do futebol em 1992. Mais especificamente no dia 10 de dezembro de 1992, após marcar um golaço no primeiro jogo da final da Copa do Brasil contra o Fluminense, que foi decisivo para a conquista colorada. O atleta vestiu a camiseta do Internacional até 1995 e depois passou por grandes clubes como Flamengo, Santos e Atlético-MG. Também teve passagens pelo Verdy Tokyo (Japão), Lugano (Suíça) e Marítimo (Portugal).

Como jogador, também brilhou na Seleção Brasileira Sub-20 que conquistou o Mundial da categoria, em 1993, e o Torneio de Toulon, em 1995. Após encerrar a carreira como jogador em 2009, Caíco passou a se dedicar a profissão de treinador. Em 2014, começou a exercer a função de auxiliar técnico das Categorias de Base do Internacional. De lá para cá, Caíco não só tem conquistado títulos, como também tem contribuído para formação dos futuros craques colorados.

Futebol