PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Vascaíno, PM assassinado terá homenagem em clássico a pedido da torcida

Assassinado, Tenente-coronel Luiz Gustavo Teixeira era torcedor do Vasco - Foto: Reprodução/PMRJ
Assassinado, Tenente-coronel Luiz Gustavo Teixeira era torcedor do Vasco Imagem: Foto: Reprodução/PMRJ

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

27/10/2017 17h23

Assassinado na última quinta-feira (26) após sofrer um ataque de tiros no bairro do Méier, na Zona Norte do Rio de Janeiro, o tenente-coronel Luiz Gustavo Lima Teixeira, que era comandante do 3º Batalhão de Polícia Militar, nutria uma paixão pelo Vasco da Gama. Cientes deste fato e comovidos com o episódio, torcedores cruzmaltinos se mobilizaram nas redes sociais para prestar uma homenagem ao oficial e os pedidos chegaram ao clube. Neste sábado, no clássico com o Flamengo, às 19h, no Maracanã, ocorrerá o tradicional um minuto de silêncio antes da bola rolar.

“Chegaram diversas mensagens e já solicitamos o pedido de um minuto de silêncio à federação (Ferj). Ele (comandante Teixeira) frequentava bastante São Januário”, informou ao UOL Esporte o vice-presidente de marketing do Vasco, Marco Antônio Monteiro.

Nas redes sociais, os vascaínos criaram a hastag #TeixeiraoSentimentoNãoPodeParar, que faz alusão a uma das músicas mais famosas da torcida nos estádios de futebol. Também circula na internet uma foto de Luiz Gustavo Lima Teixeira e seus dois filhos vestidos com a camisa do clube.

O tenente-coronel morreu na rua Hermengarda, no subúrbio carioca, no período da tarde. A Divisão de Homicídios da Polícia Civil investiga o crime que, segundo informações preliminares, pode ter ocorrido durante uma tentativa de arrastão na via.

O oficial é o 112º policial morto no Estado do Rio de Janeiro neste ano.

Futebol