PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Vai renovar? D'Ale afirma que jogo festivo não será seu último no Beira-Rio

D"Alessandro comemora gol pelo Internacional e deve renovar com o clube - Ricardo Duarte/Internacional
D'Alessandro comemora gol pelo Internacional e deve renovar com o clube Imagem: Ricardo Duarte/Internacional

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

24/10/2017 21h07

Não foi algo definitivo, mas D'Alessandro disse que o evento beneficente 'Lance de Craque', que ocorrerá em dezembro, não será seu último jogo no Beira-Rio. Com isso, aumenta expectativa de renovação de vínculo com o time vermelho.

O atual contrato de D'Alessandro acaba em 31 de dezembro deste ano. E ele só quer começar a negociar ampliação quando a volta à Série A estiver confirmada. Mas dá indícios repetidos de que poderá permanecer no clube.

"É claro que não será a última partida no Beira-Rio", disse respondendo questão na entrevista coletiva.

A ligação ao clube e à cidade de Porto Alegre se reforça ainda com a quarta edição do Lance de Craque. O evento beneficia instituições de caridade com renda de jogo festivo que será realizado em 15 de dezembro, no Beira-Rio.

"Eu tinha um sonho. Eu sempre falo a mesma frase. Não sei o que teria sido da minha vida se não tivesse meu pai e minha mãe me acompanhando dia a dia para jogar bola, com os valores deles, me acompanhando mesmo meu pai trabalhando o dia todo, minha mãe conseguia me acompanhar e sabiam do que eu gostava. A sorte acompanha também, eu tive sorte, a gente tem sorte, eu tive muitos companheiros muito melhores do que eu. E nem todos chegaram, nem todos são profissionais, nem todos cumprem o objetivos o sonho não só de atleta mas também qualquer trabalho, qualquer funcionário de empresa, advogado contador, não é todo mundo que chega lá. Eu tive sorte, eu tive acompanhamento da família. Eu sonhava mas não sabia quando cheguei no Inter em 08, que ficaria tanto tempo assim, que iria criar essa relação não só com a torcida do Inter mas também do Grêmio pelo menos o respeito pelo meu trabalho, sinto isso e agradeço muito a torcida adversária pelo respeito que tem por mim e pelo meu trabalho. Eu não sabia, mas a gente vai pulando momentos, fazes, fases boas, ruins, mas nunca desisti. Tive a sorte de cair no Inter. Isso aí parece que sabe quando algo está pré-destinado. Não sei se foi o que foi, hoje... Um encontro num lugar privilegiado por ser parte da história do Inter e no lugar indicado. Não posso pedir mais nada", disse o armador argentino.

Na plateia estava o vice de futebol vermelho, Roberto Melo. Será com ele que as negociações precisarão começar. E não deve tardar, já que o Inter pode confirmar acesso à Série A na 33ª rodada da Série B, diante do CRB, no Beira-Rio.
 

Futebol