PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Apoio de jogadores e "não" de Mano: Valentim ganha tempo para se firmar

Alberto Valentim tem o apoio dos jogadores e será "testado" neste fim de temporada - Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação
Alberto Valentim tem o apoio dos jogadores e será "testado" neste fim de temporada Imagem: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

21/10/2017 04h00

A renovação de contrato de Mano Menezes com o Cruzeiro, ocorrida na última sexta-feira, repercutiu imediatamente no Palmeiras. Sem o “plano A” da diretoria para o comando técnico em 2018, o treinador-interino Alberto Valentim ganhou mais tempo para se firmar e provar a Mauricio Galiotte e Alexandre Mattos de que pode ser efetivado para a próxima temporada.

Antigo auxiliar de Cuca, Alberto Valentim conta com o apoio de quase todo o grupo de atletas. Até publicamente, líderes do elenco como o capitão Dudu e o zagueiro Edu Dracena fizeram lobby nos ultimos dias pela efetivação do até então interino. No entanto, o Palmeiras trata a situação com cautela.

O futuro de Valentim dentro do clube está ligado a este fim de temporada. O trabalho do dia a dia e os resultados servirão como base para a diretoria definir se promove definitivamente o ex-auxiliar ou procura um novo nome no mercado. Outros treinadores também serão analisados.

O Palmeiras, a princípio, vai deixar a decisão sobre o novo comandante para o fim do Campeonato Brasileiro. Era este o planejamento antes mesmo de Mano Menezes anunciar a renovação na última sexta – o clube alviverde, de acordo com pessoas ligadas à diretoria, avançaria em uma negociação somente após o treinador definir o futuro na Toca da Raposa.

Ainda sob avaliação por parte da cúpula, Alberto Valentim conta com o importante apoio dos jogadores. Nesta sexta-feira, por exemplo, Edu Dracena manifestou-se de forma favorável ao interino, que já demonstrou o desejo de comandar o Palmeiras de forma efetiva.

“Ele [Alberto Valentim] conhece os atalhos do Palmeiras, está há muito tempo conosco e sabe como funcionam os bastidores. Nada mais justo que a permanência do Alberto para que, junto com ele, possamos ficar entre os primeiros colocados”, declarou Edu Dracena.

O capitão Dudu, antes mesmo da vitória por 2 a 0 sobre a Ponte Preta, também fez coro pelo auxiliar, que comandou o Red Bull no Campeonato Paulista deste ano. “Na minha opinião, que eu já dei para o Alexandre [Mattos], para o presidente, para todos, desde a primeira vez que saiu o Cuca, a gente queria que ele [Alberto] ficasse. A gente espera que ele faça um grande trabalho nesses 10 jogos [9, após o duelo] que tem, para que, se Deus quiser, ele possa ter a oportunidade de comandar definitivamente o time no ano que vem.”

O início de Alberto Valentim é animador. São duas vitórias, com cinco gols anotados e apenas um sofrido. Com o interino, o Palmeiras diminuiu para nove pontos a distância para o arquirrival e líder Corinthians. O time alviverde ocupa a terceira colocação na tabela de classificação com 50 pontos, mesmo número do vice-líder e adversário de domingo, Grêmio.

Futebol