PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Cláusula permite e Lucas Silva pode deixar Cruzeiro antes do fim do vínculo

Lucas Silva foge da marcação gremista em jogo da Primeira Liga; volante jogou pouco - Thomás Santos/AGIF
Lucas Silva foge da marcação gremista em jogo da Primeira Liga; volante jogou pouco Imagem: Thomás Santos/AGIF

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

20/10/2017 04h00

Quando chegou ao Cruzeiro, em fevereiro deste ano, Lucas Silva tinha a ideia de recuperar a carreira e voltar à seleção brasileira. Mais de oito meses depois, o futuro do meio-campista na Toca da Raposa II é uma incógnita.

A incerteza sobre o atleta se dá por dois motivos: a existência de um item no acordo de empréstimo com os mineiros e as poucas chances de atuar.

O contrato do volante com o clube se encerra em julho de 2018, mas há uma cláusula que permite a quebra do compromisso antes do fim. Caso o Real Madrid deseje aproveitá-lo ou tenha uma oferta mais vantajosa (definitiva ou por empréstimo), o contrato pode ser desfeito.

O jogador foi procurado por outros clubes do Brasil e pode trocar de casa a partir de janeiro de 2018. Embora haja sigilo sobre os interessados, sabe-se que o Real Madrid não pretende contar com ele na atual temporada europeia, que se encerra em junho do próximo ano.

Sob a batuta de Mano Menezes, Lucas Silva não teve o número de chances que esperava. Ele participou de 31 dos 65 jogos do time na temporada, sendo titular em apenas 16 deles. As poucas oportunidades não deram ao atleta a possibilidade de atuar conforme desejado em 2017.

Lucas Silva, volante do Cruzeiro - © Washington Alves/Light Press/Cruzeiro - © Washington Alves/Light Press/Cruzeiro
Imagem: © Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

Em sua apresentação à imprensa, em 3 de fevereiro, o jogador chegou a definir a ida à seleção brasileira como um sonho. “Tive outras propostas, tanto do futebol europeu como do Brasil. Quando eu soube do interesse do Cruzeiro, não tive outro pensamento. Optei por retornar ao futebol brasileiro e ao Cruzeiro. Aqui tenho a temporada toda para jogar. Meu objetivo no momento é jogar e, consequentemente, ter um espaço na Seleção”, disse à época.

O Real Madrid está disposto a liberá-lo em uma eventual oferta. O intuito é que o atleta de 24 anos tenha mais minutos. O tempo concedido no Cruzeiro é considerado pouco para que ele recupere o bom futebol.

Lucas Silva foi adquirido pelo Real Madrid em janeiro de 2015 por 15 milhões de euros (R$ 45 milhões à época). Na chegada ao Santiago Bernabéu, o brasileiro assinou vínculo até 30 de junho de 2020 a pedido de Carlo Ancelotti.

Futebol