PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Edu Dracena defende efetivação de Alberto Valentim após "fico" de Mano

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

20/10/2017 15h50

Horas depois de o Cruzeiro anunciar a renovação de contrato de Mano Menezes, o nome do treinador novamente pautou o dia do Palmeiras. Com o “fico” do comandante campeão da Copa do Brasil em Minas Gerais, a defesa à efetivação de Alberto Valentim se repetiu. Desta vez foi Edu Dracena quem tratou de defender o técnico-interino para 2018.

“O importante agora é continuar numa sequência boa com o Alberto. Ele conhece os atalhos do Palmeiras, está há muito tempo conosco e sabe como funcionam os bastidores. Nada mais justo que a permanência do Alberto para que, junto com ele, possamos ficar entre os primeiros colocados”, afirmou o defensor palmeirense nesta sexta-feira.

"O Alberto já conhece todos os jogadores, tem a confiança de todos, passa confiança para todos os jogadores e está dando uma sequência para o time. Nestes dois jogos tivemos o mesmo time jogando junto, o que dá tranquilidade para o jogador jogar. E faz você render o esperado em campo, da melhor forma, marcando, tendo a posse de bola, isto ele está colocando na cabeça dos jogadores de que temos de ter um alto nível de concentração os 90 minutos por um bom futebol", acrescentou o defensor.

Com Alberto Valentim no comando pelo menos até o fim do ano, Edu Dracena objetiva engatar uma sequência ainda maior de vitórias. São dois triunfos consecutivos do Palmeiras, agora o terceiro colocado no Campeonato Brasileiro com a mesma pontuação do vice-líder Grêmio.

A nove pontos do líder Corinthians, o discurso do experiente defensor, no entanto, ainda é cauteloso.  O Palmeiras, que pega os gremistas no domingo, pode encostar ainda mais no arquirrival – o time alvinegro entra em campo apenas na segunda-feira.

“Desejo todo mundo tem de ganhar título. Quando cheguei aqui, queria ganhar títulos, vim para ganhar títulos. Já tive a chance de ser campeão brasileiro no ano passado. Quanto mais títulos, melhor, a gente sabe que estamos vivendo jogo a jogo”, comentou o cauteloso camisa 3.

Futebol