PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Grêmio renova com Arthur até 2021. Multa é de R$ 187 milhões

Volante estendeu vínculo por quatro anos e receberá salário quatro vezes maior - Lucas Uebel/Divulgação
Volante estendeu vínculo por quatro anos e receberá salário quatro vezes maior Imagem: Lucas Uebel/Divulgação

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

19/10/2017 18h09

A renovação de Arthur com o Grêmio é oficial. Nesta quinta-feira (19) o clube gaúcho emitiu nota oficial para informar a prorrogação contratual com o volante até 2021. Grande novidade do Tricolor no ano, o jogador recebeu aumento salarial de quatro vezes e, segundo apurou o UOL Esporte, a multa rescisória foi estipulada em 50 milhões de euros (R$ 187,9 milhões na cotação atual).

Em junho, o Grêmio passou a ter 60% dos direitos do jogador após comprar percentual junto ao primeiro procurador de Arthur. O restante do percentual está dividido entre o investidor Celso Rigo e o próprio atleta.

A renovação de Arthur era iminente. Nas últimas semanas faltava apenas acerto sobre a comissão do estafe do jogador e ajuste de gatilhos no novo acordo. O antigo vínculo se estendia até 2019 e o Grêmio se antecipou, abriu negociação e ampliou por mais quatro anos.

O novo prazo do vínculo também serviu para majorar o salário do jogador – que em janeiro estava no time de transição e ainda no primeiro semestre virou titular de Renato Gaúcho.

“Fala, nação tricolor. Tudo bem? Hoje é um dia muito especial. Renovei com nosso Grêmio imortal até 2021. Obrigado a todos que me ajudaram, estou muito feliz. E vamos!”, comentou o jogador em vídeo publicado pelo Grêmio nas redes sociais.

Em junho, o Atlético de Madrid demonstrou interesse em Arthur e o Grêmio rechaçou qualquer possibilidade de negócio. A ideia do clube gaúcho é permanecer com o volante, pelo menos, até a metade do ano que vem.

 

Futebol