PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Só elogios! Jogadores exaltam chegada de Carpegiani para reação do Bahia

Carpegiani está há menos de 2 semanas no Bahia, mas já dá sua cara à equipe - Twitter/Reprodução
Carpegiani está há menos de 2 semanas no Bahia, mas já dá sua cara à equipe Imagem: Twitter/Reprodução

Do UOL, em Recife

18/10/2017 15h27

O experiente treinador Paulo César Carpegiani está há menos de duas semanas no Bahia, mas já conquistou o vestiário. Após conquistar quatro de seis pontos disputados contra Palmeiras, empate fora de casa, e Corinthians, vitória na Fonte Nova, o Tricolor de Aço reagiu no Brasileirão e respirou na briga contra o rebaixamento.

Embora esteja apenas três pontos acima da degola, o Bahia ocupa a 10ª posição e, acima de tudo, vê a equipe subir de produção na reta final do certame. Para o capitão Tiago, o trabalho de Carpegiani tem sido decisivo do ponto de vista tático.

“A forma tática dele de mostrar para os jogadores a movimentação, a forma que um jogador abre espaço para o outro receber a bola, um jogador dando suporte para o outro quando a gente está com a bola...”, enumerou o zagueiro, quando questionado sobre o perfil de trabalho do treinador de 68 anos.

Para Tiago, sem esse trabalho, o Bahia não conseguiria ter sido superior nem vencer o líder Corinthians. “Da nossa parte, vejo evolução técnica, tática e que a gente fez um dos melhores jogos do ano. Dessa forma, jogando contra a melhor equipe do campeonato, líder, não fosse isso a gente não venceria”, acrescentou.

Quem também destacou a chegada de Carpegiani como fator importante na melhora de produção do elenco foi o volante Renê Junior, um dos destaques da equipe na temporada.

“A gente pôde se distanciar um pouco mais [da zona de rebaixamento] porque fez por onde. O grupo comprou a ideia do Carpegiani, que é um grande treinador e tem tudo para dar certo. Esperamos dar sequência para se livrar cada vez mais dessa zona incômoda”, afirmou o jogador.

Carpegiani chegou no Bahia em momento difícil da equipe no Brasileirão. Além do rendimento ruim e da proximidade com o Z-4, a equipe tinha pela frente uma tabela difícil. Superados os confrontos com Palmeiras e Corinthians, o tricolor baiano enfrenta nas duas próximas rodadas do Flamengo, na próxima quinta-feira (18), fora de casa, e o rival Vitória, no fim de semana, na Fonte Nova. 

Futebol