PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Cícero cita chance de jogar Mundial como motivação para fechar com o Grêmio

Jeremias Wernek/UOL
Imagem: Jeremias Wernek/UOL

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

29/09/2017 09h03

Cícero, 33 anos, não teve meias palavras. Ao desembarcar em Porto Alegre para assinar com o Grêmio, o meia ex-São Paulo confirmou conversa com Renato Gaúcho e citou a chance de disputar um Mundial de Clubes em dezembro como motivo para acerto de apenas três meses.

Livre após rescindir no Morumbi, Cícero será inscrito pelo Grêmio na Copa Libertadores. Como já disputou 10 partidas no Brasileirão, ele só poderá jogar o torneio continental. É um eventual Mundial em Abu Dhabi.

"O papo (com Renato) foi motivador. Chegou para ajudar, independente do que aconteça. Lá no campo é com o Renato. Mas meu intuito é ajudar nessa competição e quem sabe a gente poder disputar um campeonato mundial em dezembro", disse.

O Grêmio enfrenta o Barcelona de Guaiaquil na semifinal da Libertadores. Do outro lado da chave estão River Plate e Lanús. A penúltima fase começa em 25 de outubro e o intervalo até lá é visto como aliado.

"Lógico que quando se perde ritmo de jogo é complicado. Mas eu vinha treinando e temos tempo. No dia a dia e no papo vamos evoluir", comentou Cícero.

Com contrato até dezembro, Cícero pode no melhor cenário jogar no maximo seis partidas pelo Grêmio.

"Uma das coisas que me motivou foi isso (Mundial). Mas vendo os jogos fiquei animado também, o grupo é unido e bem forte", comentou.

Futebol