PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Técnico elogia postura de jovens do Grêmio contra o Cruzeiro

Divulgação/Grêmio
Imagem: Divulgação/Grêmio

Do UOL, em Porto Alegre

31/08/2017 00h50

Classificação e Jogos

O Grêmio perdeu, foi eliminado nas quartas de final da Primeira Liga, mas sai com uma pontada de satisfação do Mineirão. Depois de levar 2 a 0 do Cruzeiro, o Tricolor exaltou a postura do time de transição. Cheio de jovens, o clube gaúcho só vazou no final e antes teve até chances para marcar e beliscar uma vaga na próxima fase do torneio.

“Ficamos tristes pelo resultado, mas felizes pela postura”, disse Felipe Endres, técnico do Grêmio neste jogo da Primeira Liga.

Endres, treinador do grupo de apoio ao elenco principal do Grêmio, valorizou a atuação da equipe fora de casa e contra um adversário reforçado de jogadores experientes.

“Achei os meninos chateados pelo momento do gol. Foi aos 44, então senti abatimento pelo momento do gol. Se fosse para perder, que tivéssemos tomado antes. Mas eles ficaram felizes pela postura. Eles vieram, competiram. Eles jogaram junto, foram vibrantes. A derrota é triste, mas a gente leva uma lição e aprendizado. Isso é importante”, comentou.

A estratégia do Grêmio era segurar o empate até o intervalo e depois aproveitar os espaços que o Cruzeiro daria. Quase deu certo.

“Nosso objetivo era não sofrer gol no primeiro tempo e depois ser mais agressivo. Destravar o meio. Tanto Esperon como Dionathã eu gostei. Em alguns momentos ele jogou por dentro. Esse ano está jogando por fora. E por ser um jogador agressivo, optamos por tirar o Esperon e abrir o jogo para buscar algo. Tentar fazer um gol. Infelizmente não deu”, contou Endres.

O Grêmio volta a campo no sábado, diante do Sport, em jogo adiado da 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. Nesta partida o Tricolor voltará a usar o time titular.

Futebol