PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Só saio do Palmeiras após bicampeonato mundial, diz Leila Pereira

Danilo Lavieri e José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo

28/08/2017 21h08

Dona da Crefisa, patrocinadora do Palmeiras, Leila Pereira deu uma notícia que deixará parte da torcida mais tranquila. Na festa dos 103 anos do clube alviverde, a empresária disse nesta segunda-feira que não deverá deixar o Palmeiras nos próximos tempos.

"Se eu sair do Palmeiras só será depois de conquistar o bicampeonato mundial, com as nossas marcas estampadas", disse Leila, que considera a Taça Rio, vencida em 1951 pelo clube em jogo contra a Juventus, o primeiro título mundial do Palmeiras.

"A nossa relação com o Palmeiras é como se fosse um casamento e eu quero que seja muito longa", afirmou Leila, que também é dona da Faculdade das Américas, outra patrocinadora do Palmeiras.

O contrato entre as empresas de Leila e o Palmeiras se encerram em 2018. Neste ano, o time alviverde já não tem mais chances de vencer o Mundial de Clubes, já que foi eliminado nas oitavas de final da Libertadores para o Barcelona de Guayaquil (EQU).

Apesar do insucesso no torneio após altos investimentos, Leila crê que um ano decepcionante não irá destruir a parceria entre ela e o clube. "O futebol não é uma ciência exata. O Palmeiras e a Crefisa fizeram tudo o que precisava ser feito para ter o melhor time".

Essa não a primeira vez que Leila fala em quais possibilidades deixaria de patrocinar o Palmeiras. Em entrevista ao Esporte Interativo no mês de junho, a empresária disse que poderia rever o investimento que fazia caso o diretor Alexandre Mattos saísse do clube paulista.


Futebol