PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Fora da temida zona e com 15 dias pela frente: Zé Ricardo inicia no Vasco

Zé Ricardo acompanha das tribunas a vitória do Vasco sobre o Fluminense - WILTON JUNIOR/ESTADÃO CONTEÚDO
Zé Ricardo acompanha das tribunas a vitória do Vasco sobre o Fluminense Imagem: WILTON JUNIOR/ESTADÃO CONTEÚDO

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

28/08/2017 04h00

Foi com alívio que o técnico Zé Ricardo presenciou de camarote a vitória do Vasco por 1 a 0 sobre o Fluminense, no último sábado, no Maracanã. E o sentimento tem explicação: caso fosse derrotado, o Cruzmaltino poderia entrar em seus 15 dias de parada no Campeonato Brasileiro na zona de degola da competição, algo que traria muita pressão ao início de trabalho do treinador.

Apresentado na última sexta, Zé somente observou o clássico no estádio, acompanhado de seu auxiliar Cleber dos Santos e seu preparador físico Ricardo Henriques. À beira do gramado ficou o auxiliar fixo do clube, Valdir Bigode, que ganhou total liberdade.

“Acho que o Zé Ricardo já viu muitas coisas hoje. Vou pontuar coisas de treinamento, posicionamento, onde o jogador gosta de ficar para render mais... Nenê teve liberdade, não precisou voltar tanto”, disse Bigode.

Até o dia do jogo, Zé Ricardo teve apenas uma breve reunião com Valdir e o restante da comissão técnica. Seu trabalho terá início, efetivamente, nesta terça-feira (29).

Time treinará no Rio

Durante a apresentação de Zé Ricardo, o vice de futebol do Vasco, Eurico Brandão, foi indagado se a equipe faria um período de treinamentos fora do Rio de Janeiro. O dirigente, no entanto, afirmou que a tendência é que o time realize suas atividades em São Januário.
 

Futebol