PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Goiás mostra imagens da depredação causada por torcedores que invadiram CT

Do UOL, em São Paulo

27/08/2017 18h19

Janelas, portas e espelhos quebrados, cadeiras destruídas, equipamento revirado. O Goiás divulgou imagens de seu centro de treinamento feitas após a invasão de torcedores no último sábado. O clube classificou como “barbárie” a ação dos invasores e disse que vários locais dentro do centro foram alvo de depredação:

A casa dos atletas, a academia das categorias de base (que está em reforma), a lanchonete das categorias de base, os vestiários, a academia, o departamento médico e o departamento de fisiologia da equipe profissional, além de um carro, foram atacados.

O zagueiro Bruno Aguiar, o único atleta que estava no CT no momento da invasão, chegou a ser ferido na boca no confronto e foi levado ao hospital para levar pontos.

“Além da depredação do patrimônio do clube esmeraldino, o atleta Bruno Aguiar foi agredido fisicamente, sofreu um corte nos lábios e teve que ser encaminhado a um hospital”, escreveu o clube, em nota. “O jogador teve, ainda, seu carro como alvo dos vândalos. O Goiás Esporte Clube tomou todas as providências cabíveis e aguarda que as autoridades policiais e judiciárias competentes possam identificar e punir todos os envolvidos neste ato de vandalismo.”

A invasão ao centro de treinamento do Goiás foi promovida por cerca de 50 torcedores da Força Jovem, principal organizada do time. Em vídeos e fotos que os próprios torcedores fizeram, eles aparecem destruindo o local e cantando gritos de ameaça.

Os jogadores haviam realizado um treino no período da manhã e, por este motivo, não estavam no CT na hora da invasão. A exceção foi Bruno Aguiar que fazia fisioterapia no momento. O jogador também divulgou foto de seu rosto ensanguentado e do ferimento que sofreu nos lábios.

Sem vencer há cinco rodadas na Série B, o time esmeraldino ocupa a 16ª posição da tabela e está a apenas dois pontos da zona de rebaixamento. Na sexta, um dia antes da invasão ao CT, o presidente Sérgio Rassi renunciou ao cargo e o técnico Argel Fucks acabou demitido. O vice-presidente, Marcelo Almeida, assumiu a presidência, e Silvio Criciúma foi efetivado como técnico.

Futebol