PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Introvertido, Vanderlei agora se vê mais na mídia e não desiste de seleção

Vanderlei sempre foi aconselhado ao Santos em relação a aparecer mais na mídia - Marcello Zambrana/AGIF/Estadão Conteúdo
Vanderlei sempre foi aconselhado ao Santos em relação a aparecer mais na mídia Imagem: Marcello Zambrana/AGIF/Estadão Conteúdo

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

25/08/2017 12h32

Vanderlei, um dos goleiros cotados e avaliados por Tite na seleção brasileira, acredita que o seu o grande momento no gol do Santos é apenas a sequência de sua regularidade na carreira. Para ele, a diferença é que a mídia fala mais de seu futebol nesta temporada.

“É um grande ano. Nesse ano estou aparecendo mais para a imprensa, mas tive muita regularidade em outros anos”, afirmou Vanderlei.

O goleiro é constantemente aconselhado pelos departamentos de comunicação e marketing a conceder mais entrevistas. Vanderlei não gosta de se expor na mídia e, inclusive, ressalta internamente que será convocado por seu desempenho em campo e não por conceder entrevistas.

O camisa 1 do Santos está longe de ser considerado “mascarado” no clube. Entre os jogadores, no vestiário e na concentração, o goleiro até arrisca algumas brincadeiras. Diante das câmeras, porém, a situação é diferente.

Vanderlei foi monitorado de perto pelo preparador de goleiros da seleção, Taffarel, nos últimos meses. O tetracampeão fez duas visitas ao CT Rei Pelé e acompanhou os treinamentos do goleiro santista, além de assistir aos jogos de Vanderlei no estádio. Taffarel esteve na Vila Belmiro e também na Ilha do Urubu, em duelo do Santos contra o Flamengo na Copa do Brasil.

Mesmo assim, Vanderlei foi preterido da última convocação da seleção para os jogos das Eliminatórias da Copa do Mundo. Tite preferiu chamar Cássio, Alisson e Ederson.

No entanto, o goleiro do Santos continua esperançoso e promete continuar trabalhando para manter o bom desempenho na temporada e ser convocado por Tite.

"São critérios e opções do treinador. Ele (Tite) está avaliando outros goleiros. A seleção está bem servida e não dá para reclamar. Tem que trabalhar e uma hora vai acontecer. Tenho certeza que vou dar meu melhor e uma futura convocação pode vir”, afirmou Vanderlei.

"Que jogador não quer disputar uma Copa do Mundo? Tem que estar preparado e dar continuidade ao trabalho no clube. Tem possibilidade ainda. Mas há outros profissionais também e não podemos parar por aqui. Tenho que dar continuidade ao trabalho no clube”, completou.

Futebol