PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Vice e rebaixado ao mesmo tempo? Time de Sampaoli e Bielsa conseguiu isso

Time do Argentino de Rosário que foi vice-campeão e caiu no mesmo campeonato - Reprodução
Time do Argentino de Rosário que foi vice-campeão e caiu no mesmo campeonato Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

21/08/2017 04h00

Imagine um time que fez uma boa campanha, sonhou com o título e terminou com o vice-campeonato. A frustração por não ser campeão, no entanto, ficou em segundo plano, já que o time acabou rebaixado nesse mesmo torneio. Como isso é possível? Com a regra do rebaixamento por média de pontos do Campeonato Argentino.

Esse cenário bizarro aconteceu em 1989. O clube que viveu todas essas emoções foi o Club Atlético Argentino, conhecido como Argentino de Rosário. A equipe já foi dirigida por Jorge Sampaoli em início de carreira e marcou a despedida de Marcelo Bielsa como jogador. Foi pelo Argentino, inclusive, que “Loco” Bielsa fez seu único gol oficial como profissional.

Na temporada 1988/1989, 16 times disputaram as 30 rodadas da Primera B Metropolitana, a terceira divisão argentina. O Argentino de Rosário terminou em segundo lugar com 38 pontos, oito a menos que o campeão Villa Dálmine.

A ex-equipe de Sampaoli e Bielsa ainda teve o artilheiro da competição: Raúl José Almada, com 15 gols.

O problema foi a campanha ruim dos dois campeonatos anteriores. Com isso, a média de pontos ameaçava o Argentino durante toda a competição. Na última rodada, a equipe ainda tinha chance de escapar do rebaixamento, pois estava, na média, só um ponto atrás do Defensores de Belgrano.

No entanto, os dois concorrentes venceram seus compromissos derradeiros e o Defensores escapou da queda. O Argentino de Rosário, por sua vez, amargou o rebaixamento no mesmo ano em que foi vice-campeão nacional.

Futebol