PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Neymar critica cúpula do Barcelona: "eles não deveriam estar na diretoria"

Neymar brilha pelo PSG, mas ainda precisa comentar fase do Barcelona - REUTERS/Benoit Tessier
Neymar brilha pelo PSG, mas ainda precisa comentar fase do Barcelona Imagem: REUTERS/Benoit Tessier

João Henrique Marques

Do UOL, em Paris

20/08/2017 21h13

A alegria de Neymar em seu começo de trajetória pelo Paris Saint-Germain contrasta com a fase de preocupação de seu ex-time, o Barcelona. Derrotada duas vezes pelo Real Madrid na Supercopa da Espanha, a equipe catalã vive instante de pessimismo em relação ao que pode alcançar na temporada.

Após a goleada por 6 a 2 sobre o Toulouse neste domingo, pelo Campeonato Francês, Neymar foi confrontado sobre o tema. O brasileiro disse que lamenta a fase do ex-time, diante do noticiário dos últimos dias, que mencionam possíveis insatisfações dentro do elenco do Barça. O atacante ainda criticou a postura da diretoria catalã, deixando no ar uma contrariedade em relação ao tratamento recebido em sua saída do clube. 

"Não tenho nada a dizer para a diretoria do Barcelona. Para mim... bom, na verdade tenho o que dizer: que estou muito triste com eles. Passei quatro anos lá e fui muito feliz. Comecei feliz, passei os quatro anos feliz e saí feliz. Mas não com eles. Para mim, eles não deveriam estar na diretoria do Barça. O Barça merece muito mais, e todo mundo sabe disso", disparou o jogador do PSG.

Durante a semana, o vice-presidente do Barcelona criticou a conduta de Neymar durante seu processo de saída do clube. Jordi Mestre, que chegou a declarar que o brasileiro tinha "200% de chances" de permanecer, disse que ouviu promessas do pai do jogador de que a relação se sustentaria.  

Apesar da contratação do volante Paulinho nos últimos dias, o Barcelona tem encontrado dificuldades na janela de transferências do futebol europeu. Mesmo com os cofres cheios após a saída de Neymar, o clube não conseguiu sucesso com seus principais alvos, o meia Coutinho (Liverpool) e o atacante Dembélé (Borussia Dortmund) – a janela vai até 31 de agosto.

"Ver meus ex-companheiros tristes me deixa triste também, porque tenho muitos amigos. Espero que as coisas melhorem para o Barça. Que eles voltem a fazer um time que possa competir com os demais", declarou Neymar neste domingo, na área de entrevistas do Parque dos Príncipes.

Enquanto o PSG brilhava com Neymar em campo, neste domingo, o Barcelona fazia sua estreia no Campeonato Espanhol. Comandado por Messi, mas com uma escalação com poucas estrelas, o time começou o torneio com vitória por 2 a 0 sobre o Betis, no Camp Nou.

Por sua vez, Neymar brilhou com dois gols e duas assistências na goleada do PSG. De quebra, o brasileiro ainda sofreu o pênalti que deu origem ao gol de Cavani. O brasileiro deve voltar a campo na sexta-feira, quando sua equipe recebe o Saint-Etienne, também pelo Campeonato Francês.

Futebol