PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Dois últimos jogadores do Iraty envolvidos em acidente recebem alta

ônibus que transportava o sub-23 do Iraty capota - Divulgação
ônibus que transportava o sub-23 do Iraty capota Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

20/08/2017 15h19

Todos os jogadores do sub-23 do Iraty que se envolveram em um acidente no sábado receberam alta. Os últimos dois atletas a serem liberados, Guga e Rigoni, deixaram o hospital no final da manhã deste domingo. O micro-ônibus em que a equipe viajava para Maringá (PR) capotou na BR-153 perto da entrada de Imbituva (PR).

A maioria das 22 pessoas que estavam no veículo sofreu escoriações. O técnico do Iraty, Play de Freitas, declarou que todos os jogadores ganharão folga até quarta-feira. Quase todos os atletas moram no centro de treinamento do clube e o grupo será reunido amanhã.

Quando voltarem ao trabalho na quinta, haverá uma avaliação individual para decidir quem pode recomeçar a treinar e que jogadores vão precisar de mais tempo de recuperação. Há casos de indicação médica de 10 dias de repouso.

O treinador afirmou o sentimento de atletas e comissão técnica é de apreensão porque o susto foi grande. O micro-ônibus ficou de cabeça para baixo e atravessado na pista. Não havia saída de emergência e vazava óleo do tanque. O técnico contou que ficou com medo de um incêndio porque não haveria tempo para todos deixarem o veículo pelas duas janelas que permitiam acesso ao lado de fora.

Além disso, o jogador Guga sofreu um corte profundo na cabeça que precisou de 16 pontos. Enquanto os companheiros tentavam deixar o micro-ônibus, ele estava deitado. Marcos, o goleiro, teve uma convulsão.

A dupla, e outros quatro jogadores, ficou internada. Mas Play de Freitas ressaltou que ninguém correu risco de morrer. Acrescentou que a maioria teve ferimentos leves como escoriações. Ele comunicou que o Iraty vai pedir para deixar a Copa Paranaense porque não há clima para retornar à competição.

Futebol