PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Palmeiras contra-ataca após cobrança de R$ 1 mi de sindicato por G.Jesus

Gabriel Jesus durante amistoso do City contra o Real Madrid, em Los Angeles - Lucy Nicholson/Reuters
Gabriel Jesus durante amistoso do City contra o Real Madrid, em Los Angeles Imagem: Lucy Nicholson/Reuters

Pedro Lopes

Do UOL, em São Paulo

28/07/2017 04h00

Diante de cobrança de mais de R$ 1 milhão da Federação das Associações de Atletas Profissionais em uma taxa sobre a venda de Gabriel Jesus ao Manchester City, o Palmeiras contra-atacou: entrou com ação exigindo que a entidade mostre como utiliza seu dinheiro em defesa dos interesses de jogadores nos últimos dois anos.

Há quase um ano, o clube inglês contratou o atacante palmeiras, então com 19 anos, por 32 milhões de euros (R$ 115 mi, na cotação da época.

Para ler mais sobre essa e outras notícias dos bastidores do futebol, acesse a coluna De Primeira, exclusiva para assinantes UOL.

Futebol