PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Juiz relata ira de presidente da Luverdense: "maior vergonha do futebol"

Reprodução/SporTV
Imagem: Reprodução/SporTV

Do UOL, em São Paulo

19/07/2017 06h54

O árbitro Igor Junio Benevenuto relatou na súmula do jogo entre Internacional e Luverdense a ira do presidente do time mato-grossense, Helmute Lawisch, com a validação do gol da vitória colorada por 1 a 0 aos 46 minutos do segundo tempo.

De acordo com o árbitro, Helmute invadiu o campo e argumentou contra a validação do gol com veemência. Tudo começou quando auxiliar de arbitragem Marcio Santiago assinalou equivocadamente um impedimento, confundindo os jogadores da equipe. Na sequência do lance, William Pottker fez o gol.

“Informo que o presidente da equipe Luverdense-MT , senhor Helmute Lawisch , invadiu o campo de jogo neste período de paralisação para protestar contra a decisão da arbitragem, dizendo as seguintes palavras a mim : - ''se você validar o gol , vai ser a maior vergonha do futebol, você está de sacanagem, você vai acabar com sua carreira , um absurdo'. Em seguida o mesmo foi retirado de campo de jogo por fiscais da federação local".

Sobre o lance, o árbitro não citou o erro do auxiliar Marcio Santiago em assinalar impedimento. Apenas relatou a reclamação dos jogadores da Luverdense.

“Informo que após o gol da equipe S.C. Internacional aos 48 minutos do segundo tempo de partida, o jogo ficou paralisado, pois todos os atletas da equipe Luverdense-MT (jogadores de campo e suplentes), vieram em direção a equipe de arbitragem tentando argumentar que o gol teria sido ilegal e que deveríamos anular”, escreve no documento.

“Reiteramos por diversas vezes, tentando explicar aos mesmos que o gol havia sido legal, após alguns minutos, os atletas compreenderam e o jogo foi reiniciado, informo que várias pessoas da comissão técnica saíram de sua área técnica na tentativa de acalmar e retirar seus atletas tentando apaziguar os ânimos dos mesmos. Informo que em virtude da situação narrada acima, o jogo ficou paralisado por 13' minutos, sendo reiniciado em seguida sem maiores problemas e prosseguiu com os 02' minutos que faltavam do acréscimo dos 05' assinalados”, completa na súmula.

Futebol